Economia

Bahamas entra na lista negra da UE de paraísos fiscais, Bahrein sai

Carlo Allegri / Reuters

Os ministros das Finanças da União Europeia (UE) retiraram hoje o Bahrein e outras duas jurisdições da lista negra de paraísos fiscais e acrescentaram outras três, incluindo as Bahamas.

O Conselho de ministros da UE (Ecofin) retirou o Bahrein, as Ilhas Marshall e Santa Lucia da lista e acrescentou as Bahamas, São Cristóvão e Nevis e as Ilhas Virgens Americanas.

A lista de jurisdições que não cumprem as regulações europeias e que poderão sofrer sanções dissuasivas se nada mudarem em matéria de transparência e cooperação fiscal.

A lista negra continua a incluir um total de nove jurisdições, todas fora da UE: a Samoa, Baamas, Namíbia, Palau, São Cristóvão e Nevis, Trinidade e Tobago e as Ilhas Virgens Americanas.

Lusa

  • Diretor artístico demite-se do Museu de Serralves
    2:44

    Cultura

    Estão ainda por esclarecer as razões da demissão do diretor artístico do Museu de Serralves. João Ribas apresentou a demissão esta sexta-feira, um dia depois da inauguração da exposição do fotógrafo Robert Mapplethorp. A demissão foi associada a restrições a algumas imagens de cariz sexual explícito. Mas a Fundação de Serralves garante que foi o próprio João Ribas quem decidiu retirar duas obras da exposição. E sublinha que estava decidido desde o início apresentar as obras de cariz sexual explícito numa zona com acesso restrito.

  • Personalidades do futebol dizem que Ronaldo foi vítima de excesso de zelo
    2:03

    Desporto

    A UEFA vai anunciar o castigo de Cristiano Ronaldo na próxima quinta-feira, depois do cartão vermelho que o internacional português recebeu no jogo da Liga dos Campeões. O castigo pode ir de um a três jogos de suspensão. Várias personalidades do mundo do futebol acreditam que o jogador foi vítima do excesso de zelo do árbitro.