Economia

BCE vai manter as taxas de juro nos níveis atuais pelo menos até ao verão de 2019

O Banco Central Europeu (BCE) deixou hoje as taxas de juro inalteradas e anunciou que espera mantê-las nos níveis atuais pelo menos até ao verão de 2019, com a principal taxa de refinanciamento em 0%.

As taxas de juro aplicáveis à facilidade permanente de cedência de liquidez e à facilidade permanente de depósito mantêm-se em 0,25% e -0,40%, respetivamente.

A instituição indicou que espera manter as taxas de juro nos níveis atuais pelo menos até ao verão de 2019 ou o tempo necessário para assegurar uma evolução da inflação para o seu objetivo (uma inflação próxima mas ligeiramente abaixo de 2%), indica o comunicado divulgado após a reunião de política monetária que decorreu em Riga, Letónia.

O programa de compra de ativos do BCE mantém-se até ao final de setembro com um volume de aquisições mensais de 30 mil milhões de euros, como estava previsto.

A partir de outubro, a compra de dívida publica e privada é reduzida para metade (15 mil milhões de euros), terminando no final de dezembro, caso os dados disponíveis confirmem as perspetivas de inflação a médio prazo.

O programa alargado de compra de dívida do BCE foi anunciado em janeiro de 2015 para impulsionar a economia da zona euro, abrangendo sobretudo a dívida pública.

No fim de 2016 passou de 80 mil milhões de mensais de aquisições para 60 mil milhões e depois em janeiro passado foi reduzido para os 30 mil milhões mensais atualmente em vigor até finais de setembro.


Lusa

  • Sporting vence Qarabag

    Liga Europa

    O Sporting estreou-se esta quinta-feira na fase de grupos da Liga Europa com uma vitória em Alvalade, sobre o Qarabag, por 2-0.

  • Marcelo despediu-se da "fascinante aventura" do ensino
    2:51