Economia

Tribunal de Contas contesta forma como a Assembleia da República atribui subsídios de deslocação

Tribunal de Contas contesta forma como a Assembleia da República atribui subsídios de deslocação

Subsídios de deslocação de deputados custaram 3,1 milhões de euros em 2017.

O Tribunal de Contas contesta a forma como o Parlamento atribui subsídios de deslocação aos deputados, sem exigir prova das viagens e diz que quando assim é, estes apoios devem pagar IRS. Numa auditoria às contas do Parlamento, os conselheiros encontraram um seguro de saúde que dizem ser ilegal.

  • Esta casa foi construída por uma impressora 3D
    16:27