Face Oculta

Advogado de Armando Vara vai recorrer para o Constitucional

Advogado de Armando Vara vai recorrer para o Constitucional

O advogado de Armando Vara disse esta quarta-feira estar "desiludido e surpreendido" por o Tribunal da Relação do Porto manter a pena de cinco anos de prisão efetiva ao ex-ministro e, por isso, vai recorrer para o Constitucional.

"De todo não era a decisão que esperávamos, nem a decisão que consideramos adequada e correta", reforçou Tiago Rodrigues Bastos aos jornalistas, à saída do tribunal.

O Tribunal da Relação do Porto confirmou hoje a condenação do antigo ministro e ex-administrador do BCP Armando Vara por três crimes de tráfico de influência, mantendo a pena de cinco anos de prisão efetiva.

O advogado sublinhou que, apesar de ainda não ter tido acesso ao acórdão, vai atuar da forma que processualmente estiver ao seu alcance, recorrendo da decisão para o Tribunal Constitucional.

Questionado sobre se já comunicou a decisão a Armando Vara, o causídico escusou-se a responder, dizendo apenas que era uma decisão pelo qual ele não estava à espera.

"Não sei como vai reagir, não faço a mínima ideia, não é uma decisão que estivesse à espera, nem eu, nem o meu constituinte. Estou desiludido e surpreendido", sublinhou.

Tiago Rodrigues Bastos assumiu que esta situação é "complicada" para Armando Vara, mas que "está tudo em cima da mesa".

"Temos de ler o acórdão e refletir sobre o que foi decidido", salientou.

Com Lusa

  • Piloto que morreu no Estoril terá ficado sem travões
    1:17
  • Empresa de segurança sob suspeita na Guarda
    4:47
  • Uma rota pelos vinhos do Douro
    4:32

    País

    O tempo de vindimas é também sinónimo de época alta para o turismo no Douro. A oferta de experiências ligadas à vinha e ao vinho é cada vez maior e já existe um roteiro que ajuda os turistas a organizarem melhor as visitas às quintas da região.

  • O embaraço do príncipe Harry
    0:29