Crise Migratória na Europa

Armada escoltará o Aquarius quando entrar em águas espanholas

Guglielmo Mangiapane

A Armada escoltará a flotilha de três barcos, entre os quais o Aquarius, que se dirige a Espanha com 630 imigrantes quando entrarem em águas territoriais espanholas, assegurou hoje a ministra da Defesa, Margarita Robles.


Em declarações aos jornalistas após visitar na Base Aérea de Torrejon a Unidade Militar de Emergência (UME), a titular da Defesa indicou que a Armada se ofereceu desde o primeiro momento para escoltar o barco da Organização Não Governamental (ONG) francesa SOS Mediterrâneo e dos Médicos Sem Fronteiras (MSF), o que comunicou às autoridades europeias.


Mas explicou que como já se dirige ao porto de Valência escoltado por barcos italianos, a Armada escoltará o Aquarius e os outros barcos pelos quais se distribuem os imigrantes quando entrem em águas espanholas.


Questionada sobre se deveria haver algum tipo de sanção a Itália pela recusa em acolher o Aquarius, afirmou que o Governo nada tem de decidir a este respeito e limitou-se a destacar a decisão de atuar perante um problema face ao qual não se pode virar a cara.


"O Governo de Espanha fez o que tinha de fazer no plano do direito internacional e dos princípios básicos que tem de haver quando há pessoas que podem ter a vida em risco", sublinhou.

Lusa

  • "Acabámos com 6 jogadores da formação na equipa"
    1:27

    Desporto

    No final do jogo, João Manuel Pinto, treinador do Sertanense, mostrou-se orgulhoso com o trabalho da equipa, que joga no terceiro escalão do futebol português. Já Rui Vitória preferiu destacar a qualidade dos jogadores do Benfica que, apesar de serem menos utilizados neste inicio de época, estiveram em evidência.

  • "Pedro Proença quer que eu saia a todo o custo"
    3:00
  • Chuvas fortes afetam várias regiões em Espanha

    Mundo

    As chuvas fortes que afetam desde quinta-feira Espanha, as mais intensas da última década, estão a provocar problemas em várias regiões, em especial nas províncias da Comunidade Valenciana, mas sem registo de ocorrências graves nem danos pessoais.

  • Sextortion, o novo método de chantagem sexual na Internet
    2:17
  • Destruído mural de Vhils em Alcântara

    Cultura

    O mural, criado por Vhils, na parede da antiga fabrica da Sidul na Avenida da Índias, em Lisboa, foi esta quinta-feira destruído para dar lugar a um empreendimento urbanístico.