Crise no Sporting

"Estas pessoas entendem-se no direito de ter uma participação ativa e contestar o desempenho dos jogadores"

"Estas pessoas entendem-se no direito de ter uma participação ativa e contestar o desempenho dos jogadores"

Daniel Seabra, antropólogo e especialista em claques, entende que por detrás de comportamentos agressivos dos adeptos do Sporting está a percepção dos próprios de que têm o direito de ter uma participação ativa para o clube, como contestar o desempenho dos jogadores.