Crise no Sporting

GNR mobilizou "efetivo de mais de 100 militares" para Alcochete após o alerta do Sporting

LUSA

Os acontecimentos desta terça-feira, na Academia do Sporting em Alcochete, com jogadores e equipa técnica a serem alvo de agressões, levaram a GNR a divulgar um comunicado. De acordo com o documento, a direção do Sporting avisou a GNR, pelas 17h06, logo depois de um grupo de adeptos invadir as instalações. O alerta do clube, que se repetiu poucos minutos mais tarde perante o agravamento da situação, solicitava a presença da GNR, que acabou por mobilizar "um efetivo de mais de 100 militares". No total, foram detidos 23 suspeitos, refere o comunicado da GNR.

A GNR divulgou um esclarecimento sobre os acontecimentos de terça-feira à tarde na Academia do Sporting em Alcochete. No documento, são referidos os detalhes das horas dos contactos por parte do clube de Alvalade e as diligências tomadas pelas Guarda Nacional Republicana.

"As primeiras patrulhas da GNR chegaram às instalações da Academia às 17h20, que reagindo de imediato montaram barreiras policiais nas estradas de acesso às imediações da Academia, no sentido de detetar e deter eventuais suspeitos.

Momentos depois, foram detetadas três viaturas nas imediações, tendo uma delas quase abalroado a barragem montada e invertido a sua marcha, iniciando a fuga. Em ato contínuo, os militares iniciaram o seguimento das viaturas em fuga, tendo intercetado uma delas, abordado, revistado e detido cinco suspeitos.

Poucos momentos depois, com a chegada de mais meios da GNR, foram intercetadas mais quatro viaturas nas imediações, tendo os militares detido mais 18 suspeitos".

De acordo com o documento, foram também mobilizados "meios de Investigação Criminal iniciaram as necessárias diligências de preservação e recolha de prova, com recurso a especialistas forenses".

Os suspeitos foram levados para o posto da GNR de Alcochete e as vítimas e testemunhas encaminhadas para o destacamento territorial do Montijo.

"No total, foram detidos 23 suspeitos, apreendidas 5 viaturas ligeiras, vários artigos relacionados com os crimes e recolhidos depoimentos de 36 pessoas, entre jogadores, equipa técnica, funcionários e vigilantes ao serviço do clube".

"A GNR mobilizou um efetivo de mais de 100 militares, do comando territorial de Setúbal, da unidade de intervenção e da Direção de Investigação Criminal, tendo ainda sido apoiada, em matéria de informação criminal, pela Polícia Judiciária e polícia de segurança pública", esclarece o comunicado.

  • José Peseiro garante que leões estão "preparados para vencer"
    1:52

    Liga Europa

    José Peseiro garante que a equipa do Sporting está preparada o arranque da competição. A equipa leonina não conta com Bas Dost que está lesionado e falha os próximos jogos. Os leões estreiam-se hoje na Liga Europa, em casa, com o Qarabag do Azerbaijão. A SIC transmite o encontro em directo a partir das 20:00.

  • Gosta de atum? Procuram-se voluntários
    1:35
  • Suspeito de agredir bebé terá dito à polícia que perdeu a cabeça ao ouvir o choro
    2:18

    País

    O homem terá confessado à PSP e mais tarde também ao Ministério Público que perdeu a cabeça perante o choro permanente do bebé de 17 meses, filho da atual companheira. Apesar de ter confessado a agressão saiu em liberdade depois de ser ouvido em tribunal. Não chegou sequer a ser interrogado por um juiz de instrução criminal e apesar da gravidade dos factos, o Ministério Público não viu razões para aplicar qualquer medida de coação.

  • Novos e-mails põem em causa valores da saída de Garay do Benfica
    2:44

    Desporto

    O pirata informático suspeito de ter desviado centenas de e-mails do Benfica revelou mais material, alegadamente comprometedor. Segundo uma mensagem alegadamente trocada entre Luís Filipe Vieira e Paulo Gonçalves, publicada esta quarta-feira na internet, o negócio da venda de Garay poderá ter sido feito por 13 milhões de euros e não por 6, como foi anunciado.