FC Porto Campeão 2017/2018

FC Porto despede-se igulando recorde de 88 pontos do Benfica

HUGO DELGADO

O FC Porto venceu este sábado o Vitória de Guimarães, por 1-0, e conseguiu ser campeão de futebol igualando o recorde de 88 pontos do Benfica, enquanto o Boavista subiu provisoriamente ao sétimo lugar, após ganhar ao Belenenses pelo mesmo resultado.

Em Guimarães, um golo de cabeça do defesa central espanhol Iván Marcano, aos 69 minutos, permitiu à equipa de Sérgio Conceição terminar o campeonato com 88 pontos, igualando o recorde fixado pelo Benfica na época 2015/16.

Paralelamente, num jogo quase sem história, o treinador permitiu aos guarda-redes Vaná e Fabiano serem campeões - o primeiro foi titular e o seu substituto entrou aos 80 minutos.

Com o desaire, os vitorianos concluíram o campeonato com 43 pontos, sendo ultrapassados pelo Boavista (45), que agora aguarda pelo desempenho do Marítimo (44) domingo no Funchal contra o Sporting para ver se vai manter o sétimo lugar, neste momento provisório.

O avançado cabo-verdeano Kuca (19), com um golo de belo efeito, passado a bola sobre um defesa para depois rematar de primeira, fez o golo da felicidade dos 'axadrezados'.

O Belenenses, para já 11.º com 37 pontos, podendo ainda ser ultrapassado pelo Portimonense (35), atuou em inferioridade numérica desde os 42 minutos, por expulsão de Bruno Pereirinha.

Domingo, as atenções centram-se na luta de Benfica e Sporting pelo segundo lugar e consequente acesso à terceira pré-eliminatória. Os rivais de Lisboa chegam ambos com 78 pontos a esta jornada, mas os 'leões' têm vantagem no confronto direto, o que obriga os 'encarnados', campeões cessantes, a fazer um resultado melhor.

O Sporting tem toericamente a tarefa mais difícil, jogando no terreno do Marítimo, enquanto o Benfica recebe o 'aflito' Moreirense (14.º), que ainda não tem a manutenção assegurada.

Nesta derradeira jornada, ainda não há equipas condenadas: Vitória de Setúbal e Estoril contabilizam 29 pontos, Feirense e Paços de Ferreira têm 30 e Moreirense soma 32.

Lusa