Harry Potter

20 Anos de Magia: Harry Potter e as traduções

A tradução portuguesa do sexto e penúltimo volume da saga "Harry Potter" ficou pronta no fim de Agosto de 2005. A primeira tiragem contou com 150 mil exemplares. Portugal foi um dos primeiros países de língua não inglesa a ter o livro editado. Foi um trabalho em conta relógio com a assinatura de quatro mulheres. Isabel Nunes (coordenadora da equipa de tradução), Alice Rocha, Manuela Madureira e Carmo Figueira. Mas a história da tradução dos livros livros de "Harry Potter" tem um enredo próprio.

Os primeiros três volumes da saga foram traduzidos por uma única pessoa. Isabel Fraga, foi a responsável por dar a conhecer o universo mágico em português, a tradutora que também é escritora colaborou na tradução das aventuras do jovem feiticeiro até ao quinto volume da saga de J.K.Rowling (Harry Potter e a Ordem da Fénix). As traduções de livros destes não são fáceis e com o passar do tempo a "Presença" (editora) teve formar uma equipa de tradução. O primeiro livro de Harry Potter em que se recorreu a mais que uma tradutora foi no "Cálice do Fogo", uma vez que a popularidade obrigava a prazos cada vez mais apertados entre a edição original e a publicação portuguesa. Foi aí que entraram em ação Isabel Nunes, Alice Rocha, Manuela Madureira e Carmo Figueira.

Isabel Nunes - Tradutora

Isabel Nunes - Tradutora

SIC

As tradutoras recebiam os capítulos e, depois, cabia a Isabel Nunes a tarefa de coordenar tudo e fazer com que não houvesse diferenças de nomes ou de estilos.

Título Polémico

Foi com a publicação do sexto livro que conta as aventuras do jovem feiticeiro que a polémica em volta das traduções estalou. Os Potterheads ("uma pessoa fantasticamente fixe que é obcecada por Harry Potter", segundo o "Urban Dicionary") são seres extremamente exigentes e não perdoam o mais pequeno deslize.

A questão do título do livro foi motivo de grande discussão na blogosfera. O original, traduzido à letra, seria "Harry Potter e o Príncipe de Meio Sangue", mas numa entrevista dada ao jornal "Tal e Qual" em 2005, a tradutora Isabel Nunes explicou que "para quem leu o livro faz todo o sentido mas em português não se usa, excepto em animais".

O livro chegou a ser anunciado como "Harry Potter e o Príncipe das Poções", mas a escolha final acabou por recair em "Harry Potter e o Príncipe Misterioso". A editora portuguesa aprovou, a editora internacional deu luz verde e a publicação avançou com esse nome.

A hipercriatividade de Rowling e os neologismos

O universo complexo de J.K.Rowling foi um desafio e um autêntico "bico-de-obra" para as tradutoras. O mais difícil não é a língua mas sim a criatividade. "A Jo (J.K.Rowling) é hipercriativa e inventiva, faz muitos jogos de sons e de palavras. Alguns perdem-se de facto, noutros tentamos ser criativos, noutros ainda introduzi notas de rodapé para as pessoas terem a noção da riqueza do original", confessava Isabel Nunes em 2005.

Os livros de Potter levaram até à criação de neologismos como: "espreitoscópio", "pungentos" e "pensatório".

  • 20 Anos de Magia: Quando Harry Potter perdeu o Dumbledore

    Harry Potter

    Outubro de 2002. Ainda o universo cinematográfico de Harry Potter dava o primeiros passos e já tinha uma baixo de peso. O ator irlandês Richard Harris, na altura com 72 anos, morria vítima de cancro linfático. O que significava esta perda para o elenco e para a história do jovem feiticeiro? Harris interpretava nada mais nada menos que o sábio Albus Dumbledore, personagem chave da trama criada por J.K.Rowling. A sua perda poderia ser irreparável para o seguimeto da saga.

  • 20 Anos de Magia: Porque que é que a Hermione se chamou Hermione?
    0:49

    Harry Potter

    "Harry Potter e a Pedra Filosofal" foi publicado há precisamente 20 anos. J.K.Rowling criou um universo quase sem paralelo no mundo literário. A SIC esteve à conversa com uma das tradutoras responsáveis pela adapatção dos livros para português. Isabel Nunes explicou-nos o que está na origem do nome de Hermione Granger, uma das personagens principais da saga.

  • 20 Anos de Magia: Umas pastilhas para se "baldar" às aulas
    1:00

    Harry Potter

    O universo mágico criado por J.K.Rowling há 20 anos está cheio de palavras inventadas. Quem o sabe é a tradutora Isabel Nunes, uma das responsáveis pelas adpatações portuguesas. Isabel Nunes falou-nos das pastilhas "Easy Balda", uma guloseima criada pelos gémeos Weasley para se baldarem às aulas. A tradutora confessa que foi dos termos que mais trabalho lhe deu a traduzir.

  • 20 Anos de Magia: Filch e Mrs Norris
    0:43

    Harry Potter

    Isabel Nunes foi uma das tradutoras dos livros de Harry Potter em Portugal. Em conversa com a SIC revelou-nos a origem de alguna dos nomes dos personagens que encantaram uma geração. A tradutora explicou-nos o que está na origem do nome do temido Filch e da sua gata Mrs Norris.

  • Uma "mão invisível" ajudou a subir e manter o preço das ações do BCP. Pedro Coelho explica como
    3:42
  • O "amor cego" de Francisco por Maria Leal
    35:21
  • Comandante dos bombeiros da Figueira da Foz diz que demissão é "grito de revolta"
    7:52

    Tempestade Leslie

    O comandante dos Bombeiros Municipais da Figueira da Foz demitiu-se esta quarta-feira depois de ter sido acusado de ter abandonado o posto durante a tempestade Leslie. À SIC, Nuno Osório explica que a demissão é um “grito de revolta” pelas “difamações e mentiras” veiculadas na comunicação social e redes sociais. O comandante afirma ainda que se ausentou do terreno, mas apenas por volta das 05:00 da manhã de domingo por “necessidades pessoais”.

  • Circulação rodoviária e ferroviária suspensas devido a rotura de conduta em Alcântara
    3:35

    País

    O trânsito na Rua Maria Pia continua cortado, assim como a circulação ferroviária entre Ponte Santana e Alcântara-Terra. Tanto a rua como várias casas ficaram inundadas. O diretor de comunicação da EPAL, Marques Sá, garante que a empresa vai avançar com o processo de indemnização a quem foi afetado pelas inundações e anunciou que entretanto foi retomado o abastecimento de água nas três ruas afetadas.

  • Marcelo exige estratégia de combate à pobreza em Portugal
    2:52

    País

    Mais de um milhão de portugueses trabalham, mas vivem na pobreza, e mais de dois milhões estão em risco de exclusão social. São números alarmantes que levam o Presidente da República a exigir ao Governo uma estratégia de combate à pobreza em Portugal.

  • Saiba se a sua conta do Facebook foi afetada pelo ataque informático

    País

    O ataque informático ao Facebook a 25 de setembro expôs informações de 29 milhões de contas. Mas não pense que os afetados estão do outro lado do mundo ou que isso nunca acontece em Portugal. Para tirar as dúvidas, a rede social disponibilizou uma ferramenta que diz se a sua conta foi afetada ou não.

    SIC