Rumo ao Mundial 2018

Os 23 de Fernando Santos são conhecidos hoje

Rúben Neves, André Silva, José Fonte, Bruno Alves, Ricardo Quaresma e Cristiano Ronaldo aquecem durante a primeira sessão de treino da seleção nacional, na Cidade do Futebol, em Oeiras, na preparação para os particulares frente ao Egipto e Holanda.

JOS\303\211 SENA GOUL\303\203O

O selecionador nacional de futebol anuncia esta quinta-feira os 23 jogadores que Portugal vai levar à fase final do Mundial 2018, na Rússia, numa lista em que o técnico deverá manter o seu núcleo duro.

Dois anos após o Euro 2016, em França, o técnico de 63 anos volta a ter que decidir quem está em melhores condições para defender as cores nacionais numa grande competição internacional, em que a seleção portuguesa vai participar pela primeira vez com o estatuto de campeã europeia.

Devido a lesão, o médio Danilo, do FC Porto, é baixa certa, assim como Renato Sanches, que fez uma temporada para esquecer no Swansea City e nem aparece na lista de pré-convocados, e Fábio Coentrão, que renunciou ao Campeonato do Mundo devido a cansaço físico.

Entre as surpresas, Rúben Dias, do Benfica, Manuel Fernandes, do Lokomotiv Moscovo, Rúben Neves, do Wolverhampton, Paulinho, do Sporting de Braga, Rony Lopes, do Mónaco, e Sérgio Oliveira, do FC Porto, poderão aparecer nas escolhas de Fernando Santos.

Na baliza, Rui Patrício, habitual titular, Anthony Lopes e Beto têm lugar garantido, uma vez que são os três únicos guarda-redes nos pré-convocados. Presença certa é também Cristiano Ronaldo, capitão e grande figura da seleção portuguesa.

A lista dos 23 convocados de Portugal será divulgada às 20:15, na Cidade do Futebol, em Oeiras.

Lista dos 35 pré-convocados:

Guarda-redes: Anthony Lopes (Lyon, Fra), Beto (Goztepe, Tur) e Rui Patrício (Sporting)

Defesas: Antunes (Getafe, Esp), Bruno Alves (Rangers, Esc), Cédric Soares (Southampton, Ing), João Cancelo (Inter Milão, Ita), José Fonte (Dalian Yifang, Chn), Luís Neto (Fenerbahçe, Tur), Mário Rui (Nápoles, Ita), Nélson Semedo (FC Barcelona, Esp), Pepe (Besiktas, Tur), Raphael Guerreiro (Borussia Dortmund, Ale), Ricardo Pereira (FC Porto), Rolando (Marselha, Fra) e Rúben Dias (Benfica)

Médios: Adrien Silva (Leicester, Ing), André Gomes (FC Barcelona, Esp), Bruno Fernandes (Sporting), João Mário (West Ham, Ing), João Moutinho (Mónaco, Fra), Manuel Fernandes (Lokomotiv Moscovo, Rus), Rúben Neves (Wolverhampton, Ing), Sérgio Oliveira (FC Porto) e William Carvalho (Sporting)

Avançados: André Silva (AC Milan, Ita), Bernardo Silva (Manchester City, Ing), Cristiano Ronaldo (Real Madrid, Esp), Eder (Lokomotiv Moscovo, Rus), Gelson Martins (Sporting), Gonçalo Guedes (Valência, Esp), Nani (Lazio, Ita), Paulinho (Sporting de Braga), Ricardo Quaresma (Besiktas, Tur) e Rony Lopes (Mónaco, Fra).

O Mundial 2018 arranca em 14 de junho e termina em 15 de julho. A seleção portuguesa vai defrontar Espanha, Marrocos e Irão no grupo B.

Com Lusa

  • Diretor do Museu Serralves demite-se

    Cultura

    O diretor artístico do Museu de Arte Contemporânea de Serralves, João Ribas, apresentou esta sexta-feira o pedido de demissão à administração da Fundação Serralves.

  • Filho de José Eduardo dos Santos vai a tribunal pelo "caso dos 500 milhões"
    1:44

    Mundo

    O filho do ex-Presidente angolano José Filomeno dos Santos e o ex-governador do Banco Nacional de Angola Valter Filipe enfrentam a acusação do Ministério Público, no chamado "caso dos 500 milhões", que os acusa de alegada associação criminosa, fraude e branqueamento de capitais. Em Luanda, a Procuradoria-Geral da República confirmou o envio do processo para tribunal.

  • Personalidades do futebol dizem que Ronaldo foi vítima de excesso de zelo
    2:03

    Desporto

    A UEFA vai anunciar o castigo de Cristiano Ronaldo na próxima quinta-feira, depois do cartão vermelho que o internacional português recebeu no jogo da Liga dos Campeões. O castigo pode ir de um a três jogos de suspensão. Várias personalidades do mundo do futebol acreditam que o jogador foi vítima do excesso de zelo do árbitro.

  • PGR de Angola confirma detenção de antigo ministro

    Mundo

    A Procuradoria-Geral da República (PGR) de Angola confirmou esta sexta-feira a detenção do antigo ministro dos Transportes angolano, Augusto Tomás, indiciado pela prática dos crimes de peculato, corrupção, branqueamento de capitais, entre outros puníveis pelo Código Penal.