Operação e-toupeira

Advogado de José Silva diz que medida de coação é "excessiva" e vai recorrer

Advogado de José Silva diz que medida de coação é "excessiva" e vai recorrer

O advogado do técnico informático José Silva, que ficou em prisão preventiva, diz que vai recorrer da medida de coação interposta pelo tribunal. Em entrevista aos jornalistas, esta quarta-feira, Paulo Gomes defende que os indícios usados estão "fortemente descontextualizados" e que a medida de coação foi "excessiva".

O advogado confirma que, entre os elementos de prova, estão perícias informáticas, escutas telefónicas e vigilâncias.

Paulo Gomes avança que o seu cliente ficou em silêncio porque "não foram facultados todos os elementos da acusação", que estão no processo e-toupeira, e não justifica o alegado acesso ilegal aos documentos em causa.

  • Fogo em sucata em Gondomar em fase de rescaldo "complicada" devido a materiais inflamáveis
    2:47

    País

    O incêndio que deflagrou hoje numa sucata em São Pedro da Cova, Gondomar, está em fase de rescaldo, que se prevê complicada devido à existência de materiais "altamente inflamáveis", explicou o comandante dos bombeiros de São Pedro da Cova. Uma fábrica de móveis nas imediações teve de ser evacuada a meio da manhã por precaução, mas não obrigou ao encerramento de nenhuma escola, ao contrário do que incialmente se tinha avançado.

  • "Foi uma leviandade completa", Rio acusa Governo no processo de transferência do Infarmed
    0:34
  • Taxistas acusam o Governo de falta de respeito e mantêm protesto há 7 dias
    2:20
  • Andy Murray protagoniza momento caricato numa sessão fotográfica na China
    0:38
  • Polícia ainda não tem pistas sobre homícidio de emigrante português no Brasil
    0:50