Operação e-toupeira

Ainda não sabe o que é a operação e-toupeira? Nós explicamos 

Ainda não sabe o que é a operação e-toupeira? Nós explicamos 

Tudo começou no dia 6, com o assessor jurídico do Benfica, Paulo Gonçalves, a ser detido, no âmbito de uma investigação da Unidade Nacional de Combate à Corrupção da Polícia Judiciária. A operação e-toupeira, assim designada pela PJ, foi tema de conversa e debate ao longo de toda a semana. No sábado o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, falou sobre o caso pela primeira vez. Este é um resumo de uma semana de buscas, detenções e interrogatórios no futebol português. 

  • "Acabou a paródia à custa do Benfica" 
    1:30

    Operação e-toupeira

    Luís Filipe Vieira reagiu pela primeira vez à Operação e-toupeira, em que o assessor jurídico do Benfica Paulo Gonçalves é acusado de corrupção ativa e violação do segredo de justiça. Numa comunicação aos benfiquistas, no Estádio da Luz e sem direito a perguntas dos jornalistas, o presidente do Benfica avisou que vai colocar em tribunal quem puser em causa o nome do clube. Luís Filipe Vieira afirma ainda que a justiça em Portugal não pode ter "clubite". 

  • Benfica nega ter sabido de buscas antecipadamente

    Operação e-toupeira

    O Benfica negou este sábado ter sido informado antecipadamente de buscas da Polícia Judiciária (PJ) em qualquer processo em curso. "A Sport Lisboa e Benfica SAD reafirma que nunca recebeu essa ou outras informações sobre qualquer um dos processos que estejam em curso na justiça e que envolvam a sua instituição ou qualquer outra", lê-se em comunicado do clube lisboeta, cujo assessor jurídico, Paulo Gonçalves, é suspeito de ter tido acesso indevido a processos relativos ao Benfica.

  • Fogo em sucata em Gondomar em fase de rescaldo "complicada" devido a materiais inflamáveis
    2:47

    País

    O incêndio que deflagrou hoje numa sucata em São Pedro da Cova, Gondomar, está em fase de rescaldo, que se prevê complicada devido à existência de materiais "altamente inflamáveis", explicou o comandante dos bombeiros de São Pedro da Cova. Uma fábrica de móveis nas imediações teve de ser evacuada a meio da manhã por precaução, mas não obrigou ao encerramento de nenhuma escola, ao contrário do que incialmente se tinha avançado.

  • "Foi uma leviandade completa", Rio acusa Governo no processo de transferência do Infarmed
    0:34
  • Taxistas acusam o Governo de falta de respeito e mantêm protesto há 7 dias
    2:20
  • Andy Murray protagoniza momento caricato numa sessão fotográfica na China
    0:38
  • Polícia ainda não tem pistas sobre homícidio de emigrante português no Brasil
    0:50