Operação Lex

Interrogatório a detidos na operação Lex deverá terminar esta sexta-feira

Interrogatório a detidos na operação Lex deverá terminar esta sexta-feira

Os cinco detidos da operação Lex continuam a ser ouvidos. O interrogatório começou na quarta-feira à noite e deverá prolongar-se pelo menos até amanhã. Rui Rangel tinha trabalho marcado no Tribunal da Relação mas acabou por não aparecer e alegou razões pessoais.

  • Nuno Proença é o 13.º arguido da operação Lex
    3:13

    Operação Lex

    Nuno Proença foi constituído arguido na operação Lex logo no primeiro dia de buscas, mas só esta quinta-feira ficou conhecido o seu nome. O arguido tem ligações familiares a Rita Oliveira Figueira, ex-companheira de Rui Rangel e uma das detidas neste processo. O jornalista José Manuel Mestre esteve junto ao Supremo Tribunal de Justiça, onde foram ouvidos os detidos no processo, e deu conta que Nuno Proença era uma "das formas de fazer circular o dinheiro" que, segundo a acusação, chegaria a Rui Rangel.

  • Temperatura alta e baixa humidade vão manter-se
    2:04

    País

    A Proteção Civil vai prolongar o alerta vermelho em sete distritos do norte até quarta-feira, devido ao aumento do número de fogos nos últimos dias. Só no fim de semana foram registados mais de 200 incêndios. As temperaturas altas e a baixa humidade vão manter-se.

  • Cada vez mais pessoas escolhem trabalhar no setor imobiliário 
    3:05