Óscares 2017

Consultora PwC assume erro histórico nos Óscares

© Lucy Nicholson / Reuters

Os auditores dos Óscares, a empresa PwC, já pediram desculpa pela monumental gafe na entrega do prémio de melhor filme, que marcou o final da cerimónia em Hollywoord, esta madrugada.

A PwC, antiga Price Waterhouse Coopers, estava responsável por receber e contabilizar os votos nos Óscares. Em comunicado, a empresa lamenta o erro:

"As nossas sinceras desculpas a "Moonlight", "La La Land", Warren Beatty, Faye Dunaway e aos telespetadores dos Óscares pelo erro durante o anúncio do prémio de melhor filme.

Aos apresentadores foi entregue erradamente um envelope de outra categoria e, quando detetado, o erro foi imediamente corrigido. Estamos a investigar como é que isto aconteceu e lamentamos profudamental que tal tinha ocorrido."

Uma troca de envelope deu o Óscar de melhor filme a "La La Land" e só já no discurso de agradecimento, foi o próprio produtor do filme, Jordan Horowitz a corrigir o erro e a entregar o prémio a "Moonight".

  • Uma semana depois da tempestade Leslie
    3:02
  • Adoções por militares dos EUA eram vistas na Terceira como uma bênção para as crianças
    5:16