Operação Marquês

Carlos César diz ser desconfortável para portugueses envolvimento de Sócrates

MIGUEL A. LOPES

O líder da bancada parlamentar socialista considerou esta quarta-feira ser "desconfortável" para "a generalidade dos portugueses" que num processo como a Operação Marquês "esteja em causa a inocência ou a culpabilidade de um antigo primeiro-ministro", rejeitando generalizações partidárias.

No programa da TSF "Almoços Grátis", Carlos César foi questionado sobre a acusação conhecida do Ministério Público a José Sócrates pela prática de três crimes de corrupção passiva de titular de cargo político, 16 de branqueamento de capitais, nove de falsificação de documentos e três de fraude fiscal qualificada, na Operação Marquês.

"É evidentemente desconfortável no plano cívico, para a generalidade dos portugueses, que num processo desta natureza esteja em causa a inocência ou a culpabilidade de um antigo primeiro-ministro", considerou.

Questionado sobre o facto deste processo poder afetar o Governo, o líder da bancada parlamentar socialista foi perentório: "não me parece que haja uma mínima relação entre uma coisa e outra".

"De resto, como se devem recordar, em determinada fase deste processo, no seu início, foram tentadas explorações a esse nível, que tiveram insucesso porque uma coisa é o eventual comportamento delituoso de alguém que é membro de um partido outra coisa é a vida política portuguesa", considerou.

Para Carlos César, "o pior que poderia acontecer são as generalizações", sejam estas de "culpabilidade como de inocência".

Contactado pela agência Lusa, o líder da bancada parlamentar do PS reiterou a posição assumida na TSF e disse não ter mais nada a acrescentar.

Lusa

  • Temperatura alta e baixa humidade vão manter-se
    2:04

    País

    A Proteção Civil vai prolongar o alerta vermelho em sete distritos do norte até quarta-feira, devido ao aumento do número de fogos nos últimos dias. Só no fim de semana foram registados mais de 200 incêndios. As temperaturas altas e a baixa humidade vão manter-se.

  • Cada vez mais pessoas escolhem trabalhar no setor imobiliário 
    3:05