Operação Marquês

Arguidos da Operação Marquês têm até 3 de setembro para pedir abertura da instrução

Notícia SIC

Os 28 arguidos da Operação Marquês podem pedir a abertura de instrução até dia 3 de setembro. O juiz Carlos Alexandre decidiu dar às defesas 90 dias para pedirem essa espécie de pré-julgamento. Pelo meio, entrarão as férias judiciais que não contam para o prazo.

O processo da Operação Marquês é a investigação judicial mais importante da democracia portuguesa. Há seis meses, José Sócrates e outros 27 arguidos foram formalmente acusados por suspeitas de corrupção, fraude fiscal e branqueamento de capitais.

As defesas já têm acesso ao processo há 6 meses, desde que saiu a acusação, o magistrado concede mais 70 dias aos 30 permitidos por lei.

No mesmo despacho, o juiz decidiu ainda validar todas as escutas telefónicas do processo e não vai ordenar nenhuma perícia às interceções. O pedido para um exame independente às escutas foi feito pela defesa de José Sócrates, Ricardo Salgado, Armando Vara e Zeinal Bava depois de se ter conhecimento que alguns registos estariam infetados com vírus informáticos.

O Ministério Público afirma que Sócrates recebeu 36 milhões de euros em troca de decisões favoráveis ao Grupo Lena, ao empreendimento Vale do Lobo e sobretudo ao grupo de Ricardo Salgado.


Desde o primeiro dia que Sócrates rejeita publicamente todas as acusações mas é fundamental ver, ouvir e perceber como respondeu e se defendeu durante os interrogatórios a que foi sujeito.

A SIC revela os momentos mais marcantes desse Confronto.

  • "Fui acusado de uma forma delirante de ser proprietário de 23 milhões..."
    1:55

    José Sócrates: O Confronto

    Há seis meses, José Sócrates e outros 27 arguidos foram formalmente acusados por suspeitas de corrupção, fraude fiscal e branqueamento de capitais. O Ministério Público afirma que o antigo governante recebeu 36 milhões de euros em troca de decisões favoráveis ao Grupo Lena, ao empreendimento Vale do Lobo e sobretudo ao grupo de Ricardo Salgado. Desde o primeiro dia que Sócrates rejeita publicamente todas as acusações mas é fundamental ver, ouvir e perceber como respondeu e se defendeu durante os interrogatórios a que foi sujeito. A SIC revela hoje os momentos mais marcantes desse Confronto.No segundo interrogatório a José Sócrates, o ex-primeiro-ministro voltou a ser confrontado pelo procurador Rosário Teixeira e pelo inspetor Tributário Paulo Silva, com as quantias que recebia de Carlos Santos Silva. Dinheiro depositado em contas na Suíça e transferido mais tarde para Portugal.

  • Grande Reportagem da SIC revela interrogatório a Sócrates
    1:30

    José Sócrates: O Confronto

    O processo da Operação Marquês é a investigação judicial mais importante da democracia portuguesa. Há seis meses, José Sócrates e outros 27 arguidos foram formalmente acusados por suspeitas de corrupção, fraude fiscal e branqueamento de capitais. O Ministério Público afirma que o antigo governante recebeu 36 milhões de euros em troca de decisões favoráveis ao Grupo Lena, ao empreendimento Vale do Lobo e sobretudo ao grupo de Ricardo Salgado. Desde o primeiro dia que Sócrates rejeita publicamente todas as acusaçõesmas é fundamental ver, ouvir e perceber como respondeu e se defendeu durante os interrogatórios a que foi sujeito. A SIC revela hoje os momentos mais marcantes desse Confronto.

  • Investigação SIC: Os momentos em que Sócrates confrontou os investigadores da Operação Marquês
    4:04

    José Sócrates: O Confronto

    Desde o primeiro dia que José Sócrates contesta a investigação: por ser persecutória, desprovida de provas, lenta a investigar e acusar, fechada aos arguidos mas exposta na comunicação social. José Sócrates foi interrogado três vezes. A primeira, quando foi detido, e as outras duas em 2015 e no ano passado. São estes dois últimos interrogatórios que a Grande Reportagem aborda hoje, no Jornal da Noite, em simultâneo com a SIC Notícias. Em José Sócrates, O Confronto, o ex-governante encarna o "animal feroz" que lhe conhecemos e confronta os investigadores com as fragilidades que encontrou no processo. Mostramos-lhe agora um excerto do que vai poder ver hoje no Jornal da Noite da SIC.