Stephen Hawking 1942-2018

A "simples" equação que Stephen Hawking queria no seu túmulo

O físico britânico que morreu hoje aos 76 anos de idade tinha já deixado o desejo expresso sobre o que gravar na sua lápide: o resumo da sua obra científica.

A "equação Hawking" contem o mais importante da descoberta mais importante de Stephen Hawking. Expressa a ideia que iria definir todo o seu trabalho até ao fim dos seus dias: os buracos negros não são totalmente negros, emitem um brilho que ficou conhecido como "radiação Hawking".

Em 1975, Hawking explicou a sua ideia com a imagem de buracos negros a dissolverem-se lentamente como uma aspirina num copo de água - o que revolucionou o que se acreditava desde a Teoria da Relatividade Geral de Albert Einstein, de 1915 e se pensava que “engoliam” tudo, nem gravidade nem luz lhe escapavam.

Foi o momento "eureka" de Stephen Hawking.

Mas a teoria de Hawking de que os buracos negros podem emitir radiação não está ainda comprovada. Se o tivesse conseguido, muito provavelmente teria ganho o Prémio Nobel.

"Foi um tempo glorioso para estar vivo"

  • PSD tem a maior queda e vê PS subir nas intenções de voto
    2:22

    País

    O PSD de Rui Rio está pior do que há um ano estava com Pedro Passos Coelho. Na sondagem de novembro, os sociais-democratas caem abaixo dos 27% e veem o PS cada vez mais longe, a 15% de diferença. Mesmo com o caso Tancos, o PS subiu e se as eleições fossem hoje, vencia sem maioria absoluta.

    Sondagem SIC/Expresso

  • Muitos britânicos querem segundo referendo ao Brexit
    2:02