Tempestade Leslie

Tempestade Leslie já derrubou mais de uma centena de árvores em Lisboa, Leiria e Setúbal

A tempestade Leslie provocou até ao momento a queda de 120 árvores nos distritos de Setúbal, Lisboa e Leiria, os mais afetados até às 22:30, tendo sido já registadas mais de 200 ocorrências, informou este sábado a Proteção Civil.

De acordo com um balanço feito à agência Lusa, cerca das 22:30, o comando da Proteção Civil informou que foram registadas, até cerca das 22:15, 247 ocorrências, sendo que, destas, 120 são relativas a quedas de árvores.

"Os distritos mais afetados são Setúbal, Lisboa e Leiria, mas esperamos agora que a partir deste momento passe a afetar Coimbra e Aveiro", afirmou o comandante de serviço da Proteção Civil.De acordo com a mesma fonte, o Furacão Leslie continua a deslocar-se para norte do território nacional.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou hoje 13 distritos sob aviso vermelho, o mais grave, por previsão de vento forte, e alguns também por agitação marítima, em consequência da passagem pelo território continental do furacão Leslie.Setúbal, Lisboa, Leiria, Coimbra, Aveiro, Porto, Braga, Viana do Castelo, Vila Real, Castelo Branco, Viseu, Guarda e Santarém são os distritos abrangidos pelo aviso.

O furacão Leslie está a atingir o território continental como depressão pós-tropical, mas com ventos com "intensidades equivalentes a uma tempestade tropical", com rajadas acima dos 130 quilómetros/hora que podem chegar a máximos históricos de 180/190 quilómetros/hora, segundo o meteorologista do IPMA Nuno Moreira.

De acordo com a Proteção Civil, o período crítico deverá acontecer entre as 23:00 de sábado e as 04:00 de domingo.Os últimos dados da Proteção Civil indicam que o furacão Leslie perdeu intensidade, mas ganhou velocidade e mudou de trajetória, havendo a previsão de que passe na faixa entre Setúbal e Porto.

Lusa

  • Maria Leal reage à queixa do marido: "Ele quer é protagonismo"
    1:07
  • Tudo na mesma. Reunião dos 27 termina sem progressos sobre o Brexit
    1:41
  • O "amor cego" de Francisco por Maria Leal
    35:21
  • Greve dos enfermeiros vai no 5º dia e chega aos centros de saúde
    0:33

    País

    Os enfermeiros cumprem hoje o quinto dia de greve. Esta quinta-feira o protesto vai afetar também os centros de saúde. No Porto, o Centro de Saúde de Arca d'Água está a funcionar regularmente, apesar da paralisação. A garantia foi dada esta manhã pela diretora do estabelecimento de saúde, Dulce Pinto, que adiantou que todas as consultas canceladas têm estado a ser remarcadas.

  • A "bebé milagre" que nasceu com 635 gramas faz 1 ano

    Mundo

    Uma recém-nascida britânica foi apelidada pelos médicos de "bebé milagre" e é fácil perceber porquê: nasceu às 27 semanas de gestação, pesava 635 gramas e sofreu duas paragens cardíacas, que impediram o coração de bater durante 22 minutos. Esta quarta-feira, completou um ano de vida.