Mundo

Cinco polícias e um militar mortos em ataque das FARC

Cinco polícias e um militar morreram este sábado num ataque alegadamente provocado pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) na cidade de Solita, no sul do país, informaram este sábado as autoridades locais.

O presidente da Colômbia, Alvaro Uribe, condenou o ataque, que apelidou como um "ato terrorista" .



"Nós não entendemos esses 'gangsters', que procuram a paz, mas o que fazem é matar seis membros da força pública" , disse Uribe num discurso proferido na cidade de Neiva.



Segundo as autoridades, os membros das forças de segurança foram "atacados a tiro enquanto procediam à inspeção de barcos pequenos num rio que atravessa a aldeia de Solita, a cerca de 700 km de Bogotá" .



Do incidente, resultou ainda o ferimento de dois agricultores, vítimas do tiroteio entre polícias e assaltantes.



(Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo ortográfico)

Lusa
  • Agentes castigados por recusarem conduzir viaturas sem condições
    2:26
  • "Rui Pinto pode ter feito um tremendo serviço à comunidade"
    1:23