Mundo

Mais de 200 espécies de aves estão em vias de extinção

© Toby Melville / Reuters

Cientistas identificaram mais de 200 espécies de aves que estão em risco de extinção, mas não estão bem classificadas na Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN), segundo um estudo esta quarta-feira publicado na Science Advances.

O investigador Stuart L. Pimm, professor de ecologia da conservação na Universidade de Duke, nos EUA, alerta que a lista das espécies ameaçadas da IUCN subestima o número de espécies em risco porque não utiliza tecnologias modernas de dados geoespaciais nas suas avaliações.

"O processo de avaliação da Lista Vermelha foi desenvolvido há 25 anos e não faz uso dos avanços nas tecnologias geoespaciais", disse Pimm, citado num comunicado da revista.

"Temos novas e poderosas ferramentas ao nosso alcance, incluindo mapas digitais muito melhorados, avaliações globais regulares do uso da terra recolhidos por satélites e mapas que mostram que áreas do planeta não estão protegidas por parques nacionais", explicou.

O especialista ressalvou que a Lista Vermelha usa critérios rigorosos e objetivos e é transparente, mas os seus métodos "estão seriamente ultrapassados".

Os cientistas usaram dados de teledeteção recolhidos por satélite para identificar mudanças no uso da terra que estão a reduzir os habitats de quase 600 espécies de aves em seis zonas tropicais: a Floresta Atlântica do Brasil, a América Central, os Andes ocidentais da Colômbia, Madagáscar, Sumatra e o Sudeste asiático.

A conclusão foi que, embora 51% das espécies avaliadas estejam nas categorias certas na lista da IUCN, 43% das espécies deveriam estar em níveis de ameaça mais elevados, segundo a sua análise.

Das espécies que deveriam estar a recuperar em áreas protegidas, menos de 10% dos seus habitats estavam de facto protegidos, alertam os cientistas.

Das 600 espécies, apenas 108 estão atualmente classificadas na Lista Vermelha como estando em risco de extinção, mas, segundo a nova análise, 210 das espécies enfrentam risco acelerado de extinção e 189 deveriam ser classificadas como ameaçadas, com base na extensão e ritmo da perda de habitat documentada.

Lusa

  • Sismo de 3.4 sentido no litoral norte do país

    País

    Um sismo de 3.4 na escala de Richter foi registado por volta das 20:00. Segundo as informações, todo o norte litoral do país sentiu o abalo, nomeadamente os distritos de Porto, Braga e Viana do Castelo.

  • Pertual: Portugal em Mirandês
    19:02
  • O plástico invadiu a Biosfera
    5:45
  • PSD tem a maior queda e vê PS subir nas intenções de voto
    2:22
  • Muitos britânicos querem segundo referendo ao Brexit
    2:02