Mundo

Morreu Tsutomu Hata, ex-primeiro-ministro japonês

O antigo primeiro-ministro japonês, Tsutomu Hata (à esquerda) durante um encontro com o seu sucessor, Tomiichi Murayama (à direita) em agosto de 1994. Hata ocupou o lugar de primeiro-ministro do Japão apenas durante pouco mais de dois meses.

Masaharu Hatano

O político japonês Tsutomu Hata, que exerceu o cargo de primeiro-ministro durante um breve período em 1994 depois de ter ocupado várias pastas, morreu hoje aos 82 anos, informaram os media locais.

Tsutomu Hata iniciou a sua longa trajetória política em 1969 como deputado do Partido Democrático Liberal (PLD) na Câmara Baixa, a primeira das 14 legislaturas em que ocupou um assento na Dieta (parlamento).

Em 1991, ocupou a pasta das Finanças no gabinete liderado por Kiichi Miyazawa, mas dois anos depois deixaria o Governo e o PLD para fundar o "Shinseito" (Partido da Renovação do Japão), ao lado de Ichiro Ozawa, que também abandonou o partido no poder.

Hata foi um dos responsáveis da coligação formada por sete partidos que conseguiu afastar o PLD do poder, após tê-lo monopolizado 38 anos consecutivos, numa época marcada pela estabilidade política no Japão.

Nascido em Tóquio em 1935, chegou ao cargo de primeiro-ministro em abril de 1994 à frente da referida coligação após a demissão do seu antecessor, Morihiro Hosokawa, e depois de ter sido titular da pasta dos Negócios Estrangeiros. Contudo, apenas durou nove semanas como chefe de Governo devido à instabilidade da coligação, que perdeu a sua maioria na Dieta.

Conhecido pela sua linguagem direta e pela sua origem humilde, Hata retirou-se da política em 2012 e desde então fez escassas aparições públicas devido ao seu frágil estado de saúde.

Lusa

  • Saiba como pode ficar a pagar menos IMI
    7:11