Mundo

Mais de 144 mil pessoas retiradas na Ilha de Bali devido à possível erupção de vulcão

Darren Whiteside / Reuters

Mais de 144 mil pessoas já foram retiradas na Ilha de Bali, o principal destino turístico da Indonésia, devido à possível erupção do vulcão Agung, divulgou hoje o Governo indonésio.

As pessoas retiradas estão a ser distribuídas entre centenas de centros em nove distritos da ilha e têm as suas necessidades básicas cobertas graças ao apoio das comunidades locais e do Governo.

O diretor de informação da Agência Nacional de Gestão de Desastres, Sutopo Purwo Nugroho, disse à agência espanhola de notícias Efe que, embora a zona de segurança em torno do vulcão esteja praticamente vazia, alguns residentes recusam-se a sair do local.

Uma das razões pelas quais os residentes estão relutantes em deixar as suas casas é para não abandonar o seu gado.

Nugroho, que não indicou o número de pessoas que permaneceram nas suas casas, lembrou o exemplo da erupção do vulcão Marapi, em 2010, que provocou 277 mortos por este mesmo motivo.

A zona de segurança estabelecida abrange um raio de até 12 quilómetros ao redor da cratera e o nível de alerta atingiu 4, o máximo possível, no dia 22 de setembro.

As autoridades colocaram as sirenes móveis para alertar a população.

O Centro de Vulcanologia e Mitigação de Perigos Geológicos indonésio referiu hoje num comunicado que os movimentos sísmicos registados nos últimos dias "causaram uma fissura numa das falhas do vulcão".

Além disso, há alguns dias que uma coluna de fumo emana da cratera e atinge uma altura entre 50 e 200 metros.

"Se a erupção ocorrer, é mais provável que seja pequena no início, mas uma erupção maior pode acontecer", indicou Centro de Vulcanologia e Mitigação de Perigos Geológicos.

Os especialistas alertam que é impossível ter a certeza se haverá uma erupção desse vulcão, que está a 3.014 metros acima do nível do mar, embora digam que é mais provável que ocorra.

Tanto o Centro de Vulcanologia quanto o governo provincial de Bali dizem que é seguro viajar para a ilha e estabeleceram um plano para redirecionar o tráfego aéreo para outros aeroportos no caso de a erupção inutilizar o aeroporto internacional de Denpasar, a capital da ilha.

A Indonésia te, mais de 400 vulcões, dos quais pelo menos 127 estão ativos. O arquipélago indonésio fica dentro do chamado "Anel de Fogo" do Pacífico, uma área de grande atividade sísmica e vulcânica que é abalada por milhares de tremores por ano, principalmente de pequena magnitude.

Lusa

  • Vacina da gripe disponível a partir de hoje

    País

    A vacina da gripe começa hoje a estar disponível, sendo gratuita e sem necessidade de receita médica no Serviço Nacional de Saúde para pessoas a partir dos 65 anos, residente em lares e para alguns doentes crónicos.

  • Chegou a Portugal a primeira sala onde é possível destruir tudo
    1:51
  • Bolsonaro continua à frente nas sondagens
    1:49

    Mundo

    O candidato à presidência do Brasil Jair Bolsonaro continuar a ganhar terreno, a duas semanas da segunda volta das eleições. A campanha eleitoral brasileira está a ser marcada por violência. Cerca de 60 jornalistas foram agredidos enquanto faziam cobertura da campanha.