Mundo

Explosões em Harare e televisão pública ocupada

Philimon Bulawayo

Na cidade de Harare terão sido ouvidas várias explosões e vistos vários veículos militares nas ruas da capital do Zimbabué. Funcionários da televisão pública avançaram ainda à agência Reuters que a sede da televisão ZBC foi ocupada por soldados. A tensão no Zimbabué é cada vez maior depois de vários tanques terem avançado sobre Harare e de o comandante das Forças Armadas ter ameaçado com uma intervenção do Exército.

O partido do Presidente do Zimbabué, Robert Mugabe, acusou hoje o chefe das Forças Armadas, Constantino Chiwenga, de traição, depois de este lhe ter dirigido uma ameaça sem precedentes e exigido ainda o fim do que considera ser uma "purga" no partido do poder.

Na cidade de Harare terão sido ouvidas pelo menos três explosões e vistos vários veículos militares nas ruas da capital.

A presença dos soldados e das viaturas militares nas ruas poderá desencadear um golpe de Estado.

Robert Mugabe está na presidência do país desde a independência da antiga colónia britânica em 1970.

  • Investigadores sugerem redução de 10 a 20% no preço dos medicamentos
    1:24
  • Descoberta arqueológica da década no Tejo
    2:03