Mundo

Sem-abrigo herói de Manchester admite ter roubado as vítimas

O sem-abrigo de Manchester que foi um dos protagonistas da trágica noite de 22 de maio ao socorrer alguns dos feridos do atentado após o concerto de Ariana Grande, admitiu esta quarta-feira em tribunal que roubou algumas das vítimas.

As câmaras de videovigilância filmaram Chris Parker, de 33 anos, a roubar uma carteira e um telemóvel de pessoas que estavam na Manchester Arena a 22 de maio, quando um atentado matou 22 pessoas.

Na audiência de hoje no tribunal de Manchester, Chris Parker admitiu o roubo e a fraude. O juiz David Hernandez determinou prisão preventiva até à data da sentença, 30 de janeiro.

Chris Parker obteve atenção mediática ao afirmar ter ajudado algumas pessoas feridas após a detonação de uma bomba no final do cocnerto de Ariana Grande.

  • Ryanair acusada de compactuar com atitude racista de passageiro
    1:36

    Mundo

    Numa nova polémica a envolver a Ryanair, a companhia aérea low cost é acusada de compactuar com uma atitude racista, depois de um passageiro ter obrigado um comissário de bordo a mudar uma mulher negra de lugar. O caso já está a ser investigado pelas autoridades.

  • Maior ponte marítima do mundo reduz para 45 minutos uma viagem de 4 horas
    0:56
  • Uma semana depois da tempestade Leslie
    3:02
  • Adoções por militares dos EUA eram vistas na Terceira como uma bênção para as crianças
    5:16
  • Acordo histórico entre EUA e Rússia comprometido
    1:32