Mundo

Publica anúncio no Facebook e casa-se em seis dias

Um nigeriano publicou um anúncio no Facebook e as mulheres que estivessem interessadas em casar com ele deviam mandar mensagem. Seis dias depois, Chidimma Amedu e Sophy Ijeoma casaram-se.

"Estou na idade de casar, preparado para dizer 'aceito' e não quero perder tempo. Enviem-se as vossas candidaturas - a mulher mais qualificada casará no dia 6 de janeiro de 2018. As inscrições fecham às 24:00."

Foi assim que Chidimma Amedu anunciou no Facebook a sua intenção, no dia 30 de dezembro. A sua publicação foi seguida por outra. "Isto é sério e não digam depois que não viram a tempo. Boa sorte."

Segundo a BBC, Chidimma Amedu recebeu várias mensagens, mas a que lhe chamou mais a atenção foi a de Sophy Ijeoma.

"Estou interessada, envia-me mensagem privada... lols."

A mensagem foi seguida por um telefonema que lhe mudou a vida.

Chidimma Amedu Facebook

Dois dias após a primeira conversa, Chidimma Amedu viajou de Abuja até Enugu, onde ela vivia, a cerca de 500 quilómetros. "Foi amor à primeira vista", recordou ela. "Ele é o homem mais bonito que alguma vez conheci e gostei dele instantaneamente."

A jovem nigeriana continuava a achar que a proposta feita na rede social era apenas uma piada. Mas, de repente, já estava a conhecer o tio de Chidimma Amedu, que lhes deu a bênção para casar. Receber o apoio da família do noivo é uma parte essencial da cultura Igbo.

Foi nesta altura, com um dia de "relação", que Sophy Ijeoma começou a perceber que aquilo não era uma piada. Aquela era uma proposta de casamento a sério. Mas como é que se casa com alguém que se acabou de conhecer?

"Foi depois de conhecer os tios, que percebi que isto poderia acontecer e eu queria que acontecesse", disse a jovem nigeriana, citada pelo jornal inglês.

No mesmo dia em que conheceram os tios, o recém-casal viajou até à cidade natal da jovem para pedir autorização à sua família. A partir daqui, foi apenas um pequeno passo - e seis dias - até ao casamento.

Chidimma Amedu Facebook

Chidimma Amedu e Sophy Ijeoma casaram-se no passado dia 6, numa cerimónia tradicional Igbo. Como era de esperar, o casal publicou várias fotografias na rede social que os juntou.

A novidade foi recebida por cépticos e por românticos, mas muitos apoiaram a união. O casal espera agora conseguir ter um casamento na igreja, em abril, e talvez uma lua de mel "em algum sítio giro".

  • Taxistas em protesto por tempo indeterminado
    1:59

    País

    Os taxistas que esta quarta-feira manifestaram-se em Lisboa, no Porto e em Faro decidiram continuar com o protesto por tempo indeterminado. No entender das associações dos profissionais, a luta só vai acabar quando conseguirem travar a lei que regula as plataformas digitais como a Uber ou a Cabify.

  • Novos e-mails põem em causa valores da saída de Garay do Benfica
    2:44

    Desporto

    O pirata informático suspeito de ter desviado centenas de e-mails do Benfica revelou mais material, alegadamente comprometedor. Segundo uma mensagem alegadamente trocada entre Luís Filipe Vieira e Paulo Gonçalves, publicada esta quarta-feira na internet, o negócio da venda de Garay poderá ter sido feito por 13 milhões de euros e não por 6, como foi anunciado.

  • Saiba como escolher o melhor Plano Poupança Reforma
    8:32
  • Este pode ser um natal de sonho para os fãs de Harry Potter

    Mundo

    Os estúdios da Warner Brothers, em Londres, vão abrir as portas na época natalícia. Entre os dias 10 e 12 de dezembro o grande salão de Hogwarts servirá de cenário para um jantar que promete transportar os fãs de Harry Potter até ao imaginário de J.K. Rowling. Os bilhetes estão disponíveis a partir da próxima semana.

  • A imagem que está a emocionar a Índia

    Mundo

    A fotografia de um menino a despedir-se do pai, que morreu durante um acidente de trabalho, está a emocionar a Índia. Tanto que, num só dia, os internautas conseguiram angariar mais de três milhões de rupias (cerca de 36 mil euros) para ajudar a família.

    SIC

  • "Eu chupo e você?", a campanha contra as palhinhas que já dão multas no Brasil
    2:36

    Mundo

    A partir de hoje, o Rio de Janeiro vai multar até 340 euros todos os comerciantes que ofereçam palhinhas de plástico aos clientes. Em caso de reincidência, as multas podem ultrapassar os 1200 euros. Isto meses depois de ter sido lançada no país a campanha #paredechupar para eliminar os “canudos de plástico” que podem demorar mais de 400 anos a degradar-se. Só na União Europeia, são usadas 36,4 mil milhões de palhinhas todos os anos. Em todo o mundo, os números devem chegar aos mil milhões por dia.