Mundo

UE condena ataque terrorista contra Save the Children no Afeganistão

Parwiz Parwiz / Reuters

A UE condenou hoje o atentado contra a delegação da organização não-governamental Save the Children, em Jalalabad (leste do Afeganistão), qualificando-o como um "ataque contra a humanidade". Segundo a agência Reuters há cinco mortos e 24 feridos, a agência France Press diz que três pessoas morreram e 27 estão feridas.

"Não permitiremos que atos de terror detenham o nosso apoio aos mais necessitados no Afeganistão", disseram a alta representante para a Política Externa da UE, Federica Mogherini, o comissário europeu para a Ajuda Humanitária, Christos Stylianides, e o comissário para o Desenvolvimento Internacional, Neven Mimica, numa declaração conjunta.

O comunicado salientou também que o atentado terrorista foi uma "grave violação do direito internacional". "É uma afronta para todas as organizações humanitárias e, particularmente, mostra uma indiferença flagrante pelo bem-estar e o futuro de todas as crianças afegãs que dependem do trabalho e da dedicação de outros", salientaram.

  • Temperatura alta e baixa humidade vão manter-se
    2:04

    País

    A Proteção Civil vai prolongar o alerta vermelho em sete distritos do norte até quarta-feira, devido ao aumento do número de fogos nos últimos dias. Só no fim de semana foram registados mais de 200 incêndios. As temperaturas altas e a baixa humidade vão manter-se.

  • Cada vez mais pessoas escolhem trabalhar no setor imobiliário 
    3:05