Mundo

Trump pede ao Pentágono para organizar um desfile militar em Washington

Charles Platiau/ Reuters

O Presidente norte-americano quer criar um desfile militar para mostrar o poder militar dos Estados Unidos, assim destacando o seu papel de comandante, declarou hoje a Casa Branca. Inspirado pela parada do Dia da Bastilha, a que assistiu em Paris em julho, Donald Trump apresentou ao Pentágono, em finais de janeiro, o pedido para que organize uma marcha militar em Washington.

"O Presidente Trump está totalmente solidário com os militares que todos os dias arriscam a vida para garantir a segurança do nosso país. Ele pediu ao Departamento da Defesa para estudar a criação de uma cerimónia na qual todos os americanos possam expressar o seu reconhecimento", declarou a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, confirmando uma informação do diário The Washington Post.

O multimilionário já defendia a ideia de uma parada militar em Washington antes da sua eleição e declarou-se particularmente impressionado com o desfile militar francês do 14 de Julho, quando foi recebido com grande pompa pelo Presidente de França, Emmanuel Macron.

Kevin Lamarque/ Reuters

Donald Trump abordou, na altura, a ideia de organizar um desfile semelhante em Washington no 4 de Julho, feriado nacional dos Estados Unidos, mas tal decisão provocou violentas críticas dos seus opositores, que compararam a sua atitude à do dirigente de um regime autocrático.

"Que desperdício absurdo de dinheiro! Trump comporta-se mais como um ditador que como um Presidente", reagiu o congressista democrata Jim McGovern.

Com Lusa

  • Temperatura alta e baixa humidade vão manter-se
    2:04

    País

    A Proteção Civil vai prolongar o alerta vermelho em sete distritos do norte até quarta-feira, devido ao aumento do número de fogos nos últimos dias. Só no fim de semana foram registados mais de 200 incêndios. As temperaturas altas e a baixa humidade vão manter-se.

  • Cada vez mais pessoas escolhem trabalhar no setor imobiliário 
    3:05