Mundo

Mais de 200 civis mortos em 4 dias nos raides contra Ghouta, Síria

Bassam Khabieh / Reuters

Mais de 200 civis foram mortos nos bombardeamentos realizados pelas forças do regime sírio desde segunda-feira contra o bastião rebelde de Ghouta Oriental, perto de Damasco, anunciou hoje uma organização não-governamental.

Só no dia de hoje, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, 58 civis foram mortos naquele subúrbio da capital da Síria.

Na localidade de Arbín, 20 pessoas morreram hoje no ataque aéreo a um mercado.

O regime sírio bombardeia quase diariamente a Ghouta oriental.

Cercados desde 2013 pelas forças do regime, os perto de 400 mil habitantes da zona enfrentam uma grave crise humanitária, sem alimentos nem medicamentos.

Iniciado em março de 2011 com a violenta repressão de manifestações pacíficas contra o regime de Bashar al-Assad, a guerra na Síria já fez mais de 350.000 mortos, incluindo mais de 100 mil civis, e milhões

  • Polícia britânica acredita que ataque junto ao Parlamento foi ato isolado
    2:15
  • Donald Trump acusa ex-assessora de ser "um cão"

    Mundo

    O Presidente norte-americano Donald Trump aumentou esta terça-feira o tom do confronto com a antiga assessora Omarosa Manigault Newman, que chegou a ser a afro-americana com estatuto mais elevado na Casa Branca, designando-a como "esse cão!".