Mundo

Dois mortos e 75 feridos em atentado em mesquita da segunda maior cidade da Líbia

Esam Al-Fetori

O atentado desta sexta-feira a uma mesquita em Benghazi, a segunda cidade mais populosa da Líbia, provocou pelos menos dois mortos e 75 feridos, alguns com gravidade, segundo a agência France Presse (AFP), que cita fonte hospitalar.

As forças de segurança anunciaram que duas bombas deflagraram no início da oração semanal em Saad Ibn Abu Abada, mesquita no centro de Benghazi, mil quilómetros a leste da capital líbia, Tripoli.

Um dos engenhos explosivos foi colocado numa caixa no pátio da mesquita, e o segundo encontrava-se dentro de uma estrutura para arrumação de sapatos.

Em 23 de janeiro, Benghazi sofreu um duplo atentado, igualmente numa mesquita, no qual morreram 40 pessoas.

Este atentado não foi reivindicado, mas foi um exemplo da instabilidade que persiste nesta região líbia, controlada pelas forças do marechal Khalifa Haftar, hostis ao Governo e reconhecido pela comunidade internacional.Benghazi tem sido alvo de ataques visando representações diplomáticas e forças de segurança.

Em 11 de setembro de 2012, o consulado dos Estados Unidos foi atacado e o embaixador Christopher Stevens perdeu a vida, assim como mais três norte-americanos.

Mais de seis anos após a revolta que levou à destituição do ex-líder Mouammar Kadhafi, a Líbia continua minada pela insegurança e por uma instabilidade política.

Lusa

  • Temperatura alta e baixa humidade vão manter-se
    2:04

    País

    A Proteção Civil vai prolongar o alerta vermelho em sete distritos do norte até quarta-feira, devido ao aumento do número de fogos nos últimos dias. Só no fim de semana foram registados mais de 200 incêndios. As temperaturas altas e a baixa humidade vão manter-se.

  • Cada vez mais pessoas escolhem trabalhar no setor imobiliário 
    3:05