Mundo

Homicida recusa explicar morte de Maëlys mas diz ter sido "involuntária"

Homicida recusa explicar morte de Maëlys mas diz ter sido "involuntária"

Foram encontrados os restos mortais de Maëlys de Araújo, a menina lusodescendente desaparecida desde agosto de 2017. Nordahl Lelandais confessou o crime e levou as autoridades ao local onde enterrou o corpo. As informações foram avançadas pelo procurador de Grenoble na conferência de imprensa da tarde desta quarta-feira.

  • Juiz Neto Moura processou agente da PSP que lhe apreendeu o carro
    3:28

    País

    Além dos quatro militares da GNR processados pelo juiz Neto Moura, o magistrado também levou a tribunal o agente da PSP que em 2012 apreendeu o carro do juiz, porque circulava sem matrículas. Ao contrário dos militares, o agente da PSP foi absolvido.

    Notícia SIC

  • FBI despede agente que fez críticas a Trump

    Mundo

    Peter Strzok, um agente da política federal (FBI, na sigla em inglês), que o procurador especial Robert Mueller tinha removido da investigação à interferência russa pelas mensagens de correio eletrónico anti-Trump, foi despedido.