Mundo

Presidente das Filipinas precisa de um "exame psiquiátrico", diz ONU

Presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte

Dondi Tawatao

O Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Zeid Ra'ad Hussein, disse esta sexta-feira que o presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, precisa de ser submetido a um "exame psiquiátrico".

"Os comentários do presidente das Filipinas em relação à relatora espacial das Nações Unidas sobre execuções extrajudiciais, Agnes Callamard, são inaceitáveis. Leva-me a pensar que o presidente Duterte necessita de ser submetido a testes psiquiátricos", disse Zeid em conferência de imprensa, em Genebra.

Duterte ameaçou, no ano passado, "esbofetear" Agnes Callamard por ter afirmado que nas Filipinas tinham sido cometidas execuções extrajudiciais no contexto da campanha governamental contra estupefacientes e que resultaram em mais de sete mil mortes, de acordo com números divulgados por organizações não-governamentais.

Lusa

  • Taxistas em protesto há uma semana, manifestação marcada para amanhã em frente ao Parlamento
    3:57
  • Morte de português no Brasil poderá ter sido uma execução
    1:25
  • Canhões, porcelana e pimenta encontrados nos restos da Nau da Carreira da Índia
    3:54