Mundo

Dezenas de civis retirados de Ghouta pelo segundo dia consecutivo

MOHAMMED BADRA

Várias dezenas de pessoas abandonaram esta quarta-feira o enclave de Ghouta Oriental, na Síria, no segundo dia consecutivo de retirada de civis do enclave rebelde atacado diariamente pelo regime sírio no último mês.

O chefe do departamento político do grupo Jaich Al-Islam, Yasser Delwane, que controla a área de Douma, confirmou à agência noticiosa AFP a saída de "35 pacientes e seus acompanhantes".

A televisão estatal síria também transmitiu imagens de ambulâncias do Crescente Vermelho a abandonar o enclave rebelde e a entrar numa área controlada pelo regime.

Na segunda-feira, as Nações Unidas (ONU) tinham anunciado que mais de mil pessoas deviam ser retiradas com urgência do enclave rebelde por "razões médicas".

A operação de retirada começou na terça-feira, em Douma, a maior cidade de Ghouta Oriental, com a saída de 146 civis pelo corredor de Al-Wafidine, o principal ponto de ligação entre o enclave e Damasco.

Desde o início das ofensivas do regime sírio no enclave do Ghouta oriental, a 18 de fevereiro, mais de 1.144 civis morreram, incluindo 240 crianças, e 4.400 ficaram feridos, de acordo com o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

No conflito na Síria, que se estende a outros territórios e dura há quase sete anos, morreram mais de 350 mil pessoas, de acordo com a ONG.

Lusa

  • Sporting vence Qarabag

    Liga Europa

    O Sporting estreou-se esta quinta-feira na fase de grupos da Liga Europa com uma vitória em Alvalade, sobre o Qarabag, por 2-0.

  • Marcelo despediu-se da "fascinante aventura" do ensino
    2:51