Mundo

Processo de substituição de Raúl Castro na liderança cubana inicia-se hoje

Carlos Garcia Rawlins

O processo de substituição de Raúl Castro na liderança cubana inicia-se hoje com a realização de uma sessão para a constituição do novo parlamento, um dia antes do inicialmente previsto.

A decisão do Conselho de Estado de Cuba de antecipar a sessão constitutiva da IX Legislatura da Assembleia Nacional do Poder Popular (única câmara parlamentar) tem como propósito "facilitar o desenvolvimento dos passos que requerem uma sessão de tal importância", indicou a agência cubana de notícias (ACN).

Inicialmente, estava anunciado que a reunião parlamentar se celebraria apenas na próxima quinta-feira e agora é de supor que se desenrolará em duas jornadas: na quarta-feira e no dia seguinte.

Na sessão, uma comissão integrada pelos 605 deputados elaborará e submeterá à votação da recentemente renovada assembleia uma proposta que inclui o Presidente, primeiro vice-presidente, cinco vice-presidentes e 23 membros do Conselho de Estado, o órgão máximo de Cuba.

Raul Castro, de 86 anos, deixará de ser Presidente de Cuba, em cumprimento da limitação de mandatos a um máximo de 10 anos decretada por ele mesmo, sendo expectável que o atual primeiro vice-presidente, Miguel Díaz-Canel, de 57 anos, ocupe o cargo.

A acontecer, será a primeira vez que o chefe de Estado cubano não tem apelido Castro em 60 anos, primeiro com Fidel de 1976 a 2008 (o líder da revolução esteve como primeiro-ministro de 1959 a 1976), depois com Raul até ao presente.

Apesar de deixar o poder, Raúl Castro continuará como secretário-geral do Partido Comunista de Cuba até ao próximo congresso, previsto para 2021.

Lusa

  • Recusado pedido de detenção de Duarte Lima
    1:26

    País

    Um juiz das varas criminais não aceitou um pedido do Ministério Público para que Duarte Lima fosse detido nos próximos dias. A existência de recurso, ainda pendente no Tribunal Constitucional, terá condicionado a decisão do juiz.