Mundo

UE acrescenta quatro nomes à lista de alvos de sanções da Coreia do Norte

Damir Sagolj

A União Europeia (UE) acrescentou esta quinta-feira quatro nomes à lista de pessoas e entidades sujeitas a medidas restritivas contra a Coreia do Norte por envolvimento nos programas nuclear, de mísseis balísticos ou outras armas de destruição maciça.

As sanções consistem no congelamento de bens e a proibição de viajar para a UE e aplicam-se a quatro pessoas que estiveram envolvidas em práticas financeiras fraudulentas suspeitas de contribuir para os programas da Coreia do Norte relacionados com armamento nuclear, mísseis balísticos ou outras armas de destruição maciça.

Com esta decisão do Conselho, eleva-se a 59 o número total de pessoas sancionadas autonomamente pela UE, a que acresce o congelamento de bens de nove entidades.

A UE transpôs ainda todas as resoluções pertinentes do Conselho de Segurança da ONU, que impõem sanções contra 80 pessoas e 75 entidades atualmente constantes da lista elaborada pelas Nações Unidas.

O regime de sanções da UE contra Pyongyang foi adotado em resposta às atividades de desenvolvimento de armas nucleares e mísseis balísticos, que violam muitas resoluções do Conselho de Segurança da ONU.

Lusa

  • Santana diz que Aliança conta com apoios do CDS e PSD
    2:07