Mundo

Forças governamentais do Iémen apoiadas pela Arábia Saudita atacam porto controlado pelos Huthis

Ali Owidha/ Reuters

As forças do governo exilado do Iémen e coligação liderada pela Arábia Saudita atacaram hoje o porto de Hodeida, controlado pelos rebeldes Huthis e principal entrada de ajuda no país devastado pela guerra desde 2015.

Durante a madrugada, vídeos publicados nas redes sociais indicavam a chegada de vários veículos à cidade controlada pelos rebeldes, de acordo com a agência noticiosa norte-americana Associated Press. As imagens faziam acompanhar-se de sons de "tiros pesados", indicou a mesma fonte.

O governo exilado do Iémen "esgotou todos os meios pacíficos e políticos para remover a milícia Huthi do porto de Hodeida", no mar Vermelho, noticiaram os canais de notícias sauditas, citando fontes militares.

O canal de notícias via satélite Al Masirah, administrado pelos Huthis, reconheceu mais tarde a ofensiva, alegando que as forças rebeldes atacaram um navio da coligação saudita perto de Hodeida com dois mísseis.

Na terça-feira, responsáveis do Iémen disseram que a ONU retirou o pessoal internacional de Hodeida, numa altura em que já era esperado um assalto das forças governamentais para capturar a cidade portuária.

As forças governamentais, apoiadas pela coligação internacional dirigida pela Arábia Saudita, têm tentado tomar Hodeida, porto estratégico através do qual a maioria da população do Iémen recebe alimentos e medicamentos, mas que é controlado pelos rebeldes Huthis.

Cerca de 600.000 pessoas vivem em Hodeida e o Conselho de Segurança da ONU reuniu-se na segunda-feira à porta fechada para tentar impedir um ataque.

“Uma batalha por Hodeida será certamente longa e deixará milhões de iemenitas sem alimentos, combustível e outros fornecimentos vitais”, advertiu o grupo de reflexão sobre conflitos International Crisis Group (ICG).

Lusa

  • "Acabámos com 6 jogadores da formação na equipa"
    1:27

    Desporto

    No final do jogo, João Manuel Pinto, treinador do Sertanense, mostrou-se orgulhoso com o trabalho da equipa, que joga no terceiro escalão do futebol português. Já Rui Vitória preferiu destacar a qualidade dos jogadores do Benfica que, apesar de serem menos utilizados neste inicio de época, estiveram em evidência.

  • "Pedro Proença quer que eu saia a todo o custo"
    3:00
  • Chuvas fortes afetam várias regiões em Espanha

    Mundo

    As chuvas fortes que afetam desde quinta-feira Espanha, as mais intensas da última década, estão a provocar problemas em várias regiões, em especial nas províncias da Comunidade Valenciana, mas sem registo de ocorrências graves nem danos pessoais.

  • Sextortion, o novo método de chantagem sexual na Internet
    2:17
  • Destruído mural de Vhils em Alcântara

    Cultura

    O mural, criado por Vhils, na parede da antiga fabrica da Sidul na Avenida da Índias, em Lisboa, foi esta quinta-feira destruído para dar lugar a um empreendimento urbanístico.