Mundo

Lindsay Lohan critica mulheres que denunciam casos de assédio sexual

Suzanne Plunkett

Lindsay Lohan deu uma entrevista polémica ao jornal "The Times", onde criticou as mulheres que denunciaram casos de assédio sexual. A atriz foi ainda mais longe ao dizer que muitas raparigas só falam disso porque procuram atenção.

"Vou odiar-me por dizer isto, mas acho que ao pronunciarem-se contra estas coisas, as mulheres parecem fracas, quando na verdade são muito fortes", lê-se na entrevista ao jornal britânico. A atriz, que chegou a defender publicamente o produtor de cinema Harvey Weinstein, considera que as coisas se devem discutir na altura em que acontecem.

Numa conversa sobre o movimento #Metoo, que luta contra o assédio e as agressões sexuais, garantiu que muitas mulheres só fazem denúncias para conseguirem atenção. "Tens estas raparigas que admitiram ter sido vítimas, que nem sabem quem são, e que o fazem porque querem atenção. Isso desvia a atenção do facto de que realmente aconteceu alguma coisa", afirmou.

Lohan foi ainda mais longe ao afirmar que se dá "uma dimensão enorme ao assunto ao fazer queixa à polícia".

  • Acidente que vitimou duas pessoas em Pavia originou incêndio rural
    1:19

    País

    Um violento acidente em Pavia, no concelho de Mora, fez este sábado dois mortos e quatro feridos. As vítimas mortais são dois dos três ocupantes de um carro com matrícula estrangeira. O choque entre os dois veículos acabou ainda por dar origem a um incêndio rural que mobilizou 57 operacionais auxiliados por três meios aéreos.

  • Sobe para 43 o número de mortos na queda da ponte em Génova
    1:52
  • Temperaturas voltam a subir este fim-de-semana
    1:48

    País

    As temperaturas voltam a subir este fim-de-semana e podem rondar os 40º em algumas regiões do país. Há 15 distritos sob aviso amarelo devido ao calor e sete em alerta vermelho pelo risco de incêndio. O ministro da Administração Interna já decretou a situação de alerta até a próxima quarta-feira.

  • Daimler chama às oficinas um milhão de carros

    Economia

    O fabricante automóvel alemão Daimler pediu que um milhão de veículos sejam levados às oficinas por suspeita de terem um sistema para manipular as emissões de gases poluentes, afetando praticamente todas as classes, divulga este sábado um jornal.