Mundo

Luz azul dos smartphones pode levar à cegueira

Um estudo publicado na revista Scientific Reports, feito por investigadores da Universidade de Toledo, no estado norte-americano do Ohio, revela que a luz azul emitida nos ecrãs dos smartphones pode ser bastante prejudicial para a saúde ocular e levar mesmo à cegueira.

Segundo a investigação, esta luz pode intoxicar as células da retina que, com o passar do tempo, podem matar outras células, afetando cada vez mais a visão e causando, no pior cenário, a cegueira.

A exposição à luz azul acarreta um maior risco de contrair degeneração macular, uma doença que surge habitualmente com a idade e o envelhecimento das células mas que, neste contexto, pode acelerar a cegueira.

Carlos Giusti

Esta luz pode também incomodar o sono quando exposta em ambientes mais escuros.

  • Benfica defronta hoje o Sertanense no Estádio Cidade de Coimbra

    Desporto

    O Benfica, recordista de títulos na Taça de Portugal de futebol, assinala hoje a entrada em cena dos clubes primodivisionários na prova, ao defrontar o Sertanense, do Campeonato de Portugal, no arranque da terceira eliminatória. O jogo entre o líder da I Liga, em igualdade com o Sporting de Braga, e o oitavo classificado da série C do terceiro escalão - que nunca se defrontaram - tem início marcado para 20h45, no Estádio Cidade de Coimbra, devido à falta de condições do relvado do recinto da equipa da Sertã.

  • O "amor cego" de Francisco por Maria Leal
    35:21
  • Protesto contra abertura de templo a mulheres faz 30 feridos na Índia
    1:36
  • A "bebé milagre" que nasceu com 635 gramas faz 1 ano

    Mundo

    Uma recém-nascida britânica foi apelidada pelos médicos de "bebé milagre" e é fácil perceber porquê: nasceu às 27 semanas de gestação, pesava 635 gramas e sofreu duas paragens cardíacas, que impediram o coração de bater durante 22 minutos. Esta quarta-feira, completou um ano de vida.