Mundo

Polícia alemã “salva” homem perseguido por esquilo bebé

Um esquilo bebé aterrorizou um homem alemão, que foi obrigado a chamar a polícia depois de o animal o perseguir dentro de casa. Quando os agentes chegaram ao local, o esquilo estava a dormir profundamente.

Uma chamada "insólita" levou os agentes da cidade de Karlsruhe, na Alemanha, à casa de um homem que precisava de ajuda com um esquilo bebé. Segundo as autoridades, o alemão sentia-se “um pouco ameaçado” pelo animal que o perseguia.

A polícia acabou por recolher e batizar o esquilo com o nome Karl-Friedrich, que se tornou a mascote do departamento.

A porta-voz disse ao The Guardian que os esquilos bebés podem seguir uma pessoa caso tenham perdido a mãe, estejam à procura de comida ou precisem de ajuda. Apesar do aspeto inofensivo, os esquilos podem representar perigo para os humanos caso ataquem, explicou.

Em julho de 2017, as autoridades norte-americanas avisaram os turistas para evitarem os esquilos no Prospect Park, em Nova Iorque, devido à sua agressividade. Também no Reino Unido, uma criança de três anos ficou ferida depois de ter sido atacada por seis esquilos.

O esquilo bebé Karl-Friedrich está agora num centro de acolhimento de animais, onde está a ser "bem tratado”, garantem as autoridades.

  • Polícia britânica acredita que ataque junto ao Parlamento foi ato isolado
    2:15
  • Donald Trump acusa ex-assessora de ser "um cão"

    Mundo

    O Presidente norte-americano Donald Trump aumentou esta terça-feira o tom do confronto com a antiga assessora Omarosa Manigault Newman, que chegou a ser a afro-americana com estatuto mais elevado na Casa Branca, designando-a como "esse cão!".