Mundo

Neonazis manifestam-se em Washington rodeados por milhares de anti-fascistas

JIM LO SCALZO

Cerca de 20 supremacistas brancos, embrulhados em bandeiras norte-americanas, realizaram este domingo frente à Casa Branca, em Washington, uma marcha em defesa dos "direitos civis dos brancos", rodeados por milhares de manifestantes que condenaram a ideologia xenófoba.

Para evitar confrontos entre os dois grupos, a polícia metropolitana de Washington colocou os neonazis num pequeno perímetro próximo da Casa Branca, cercado por vedações negras com um metro de altura.

Por detrás das vedações concentraram-se milhares de contra-manifestantes, que vaiaram os neonazis e gritaram "anti-fascistas", enquanto exibiam cartazes com mensagens como "Sem ódio, sem medo" ou "Defendamo-nos da supremacia branca".

A manifestação começou cerca das 16:00 locais (21:00 em Lisboa) e terminou uma hora e meia depois, quando começou a cair chuva forte.

Os organizadores da marcha esperavam reunir 400 pessoas, como refere o pedido de autorização enviado ao município por Jason Kessler, que há um ano organizou outro protesto semelhante em Charlottesville (Virginia), em que morreu uma mulher e dois agentes policiais.

Muito longe dessas 400 pessoas, frente à Casa Branca manifestaram-se apenas perto de duas dezenas de pessoas, constatou a agência espanhola, Efe, no local.

Um dos manifestantes, com o pseudónimo Karl, com 21 anos e que não exibia nenhum símbolo nazi, disse à Efe que viajou desde Dallas (Texas) até à capital norte-americana porque queria defender os "direitos de todas as pessoas", incluindo dos brancos que, na sua opinião, deveriam ser a maioria nos EUA.

Lusa

  • Marine Le Pen de fora da Web Summit de Lisboa
    1:41

    País

    A organização do evento cancelou o convite à líder da extrema-direita francesa, Marine Le Pen, para discursar na terceira edição que vai realizar-se em novembro em Lisboa. O convite insurgiu o Bloco de Esquerda e a Associação SOS Racismo e o presidente executivo da Web Summit, o irlandês Paddy Cosgrave Cosgrave começou por pedir ao governo português para retirar o convite. Hoje, o Ministério da Economia anunciou em comunicado que não tem intervenção na "seleção de oradores" do Web Summit e a Cosgrave acabou por anunciar hoje que o convite à líder da extrema-direita francesa foi retirado.

  • Onde está a ajuda às vítimas do fogo de Monchique? Autarquia apela à solidariedade
    1:56
  • "Ontem o Benfica esteve melhor, esteve bem"
    4:37

    Edição da Manhã

    Benfica segue em frente na Liga dos Campeões, depois de ter vencido o Fenerbahçe por 2-1 no conjunto das duas mãos. Os gregos do PAOK são o próximo adversário no Play Off de acesso à Champions, o comentário do jornalista Fernando Guerra.

  • "Graças à equipa consegui o meu primeiro golo"
    0:23
  • Turismo abranda e portugueses preferem passar férias no estrangeiro
    3:41

    Economia

    O turismo em Portugal está a abrandar. Em junho já se registaram menos dormidas do que nos meses anteriores. Ingleses, alemães, espanhóis e franceses vêm menos e passam menos tempo em Portugal. Também os portugueses estão a escolher destinos no estrangeiro, porque sai mais barato do que passar férias no Algarve.

  • Donald Trump acusa ex-assessora de ser "um cão"

    Mundo

    O Presidente norte-americano Donald Trump aumentou esta terça-feira o tom do confronto com a antiga assessora Omarosa Manigault Newman, que chegou a ser a afro-americana com estatuto mais elevado na Casa Branca, designando-a como "esse cão!".