Mundo

Grupo feminino contra Bolsonaro atinge um milhão de membros no Facebook

Reuters Photographer

O grupo "Mulheres contra Bolsonaro", candidato às presidenciais do Brasil, atingiu, na madrugada de quarta-feira, um milhão de membros na rede social Facebook, anunciou uma das líderes do movimento, citada esta quinta-feira pelo jornal brasileiro O Globo.

Em declarações ao jornal uma das líderes do movimento explicou que a intenção do grupo na rede social é criar uma representação contra o candidato Jair Bolsonaro e proteger e defender os direitos das mulheres.

Segundo a pesquisa divulgada na segunda-feira pelo instituto Datafolha, a rejeição de Bolsonaro entre o eleitorado feminino é de 49%. O candidato da extrema-direita às presidenciais do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL), atingiu 30% das intenções de voto, segundo a primeira sondagem divulgada na segunda-feira, após o ataque de que o candidato foi alvo.

Em 6 de setembro, Bolsonaro foi esfaqueado, durante uma ação de campanha na cidade de Juiz de Fora, Minas Gerais. Na campanha, Bolsonaro defendeu os valores tradicionais da família cristã, o porte de armas e 'prega' que o combate à violência no Brasil, país que atingiu a marca de 63.800 homicídios em 2017, deve ser feito de forma violenta pelas autoridades.

A polícia brasileira deteve o autor confesso do ataque, que disse ter agido "sob o comando de Deus" e atribuiu o crime às suas diferenças políticas e religiosas com a extrema-direita.

O grupo "Mulheres contra Bolsonaro" foi criado em 30 de agosto e é gerido por nove administradoras e 80 moderadoras.

Lusa

  • O tempo para hoje
    1:15

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê para hoje nebulosidade matinal no litoral Norte e Centro e de evolução no interior durante a tarde. Vento de noroeste no litoral oeste e nas terras altas.

  • Enfermeiros iniciam greve de dois dias 

    Economia

    Os sindicatos dos enfermeiros deram início, à meia noite, a dois dias de greve nacional que visa pressionar o Governo a apresentar uma contraproposta ao diploma da carreira de enfermagem.

  • Novos e-mails põem em causa valores da saída de Garay do Benfica
    2:44

    Desporto

    O pirata informático suspeito de ter desviado centenas de e-mails do Benfica revelou mais material, alegadamente comprometedor. Segundo uma mensagem alegadamente trocada entre Luís Filipe Vieira e Paulo Gonçalves, publicada esta quarta-feira na internet, o negócio da venda de Garay poderá ter sido feito por 13 milhões de euros e não por 6, como foi anunciado.

  • Saiba como escolher o melhor Plano Poupança Reforma
    8:32
  • Este pode ser um natal de sonho para os fãs de Harry Potter

    Mundo

    Os estúdios da Warner Brothers, em Londres, vão abrir as portas na época natalícia. Entre os dias 10 e 12 de dezembro o grande salão de Hogwarts servirá de cenário para um jantar que promete transportar os fãs de Harry Potter até ao imaginário de J.K. Rowling. Os bilhetes estão disponíveis a partir da próxima semana.

  • A imagem que está a emocionar a Índia

    Mundo

    A fotografia de um menino a despedir-se do pai, que morreu durante um acidente de trabalho, está a emocionar a Índia. Tanto que, num só dia, os internautas conseguiram angariar mais de três milhões de rupias (cerca de 36 mil euros) para ajudar a família.

    SIC

  • "Eu chupo e você?", a campanha contra as palhinhas que já dão multas no Brasil
    2:36

    Mundo

    A partir de hoje, o Rio de Janeiro vai multar até 340 euros todos os comerciantes que ofereçam palhinhas de plástico aos clientes. Em caso de reincidência, as multas podem ultrapassar os 1200 euros. Isto meses depois de ter sido lançada no país a campanha #paredechupar para eliminar os “canudos de plástico” que podem demorar mais de 400 anos a degradar-se. Só na União Europeia, são usadas 36,4 mil milhões de palhinhas todos os anos. Em todo o mundo, os números devem chegar aos mil milhões por dia.