Mundo

Chuvas fortes, inundações e milhares de casas sem luz à passagem do Florence pelos EUA

Chuvas fortes, inundações e milhares de casas sem luz à passagem do Florence pelos EUA

O Florence está a atingir a costa leste dos Estados Unidos. Há registo de centenas de casas inundadas e milhares de habitações sem electricidade na Carolina do Norte. Os Estados Unidos preparam-se para, nas próximas horas, enfrentarem uma das tempestades mais perigosas das últimas décadas.

O Florence passou a tempestade tropical e perdeu força mas continua a ter um enorme potencial destrutivo e as autoridades dos Estados Unidos dizem que é muito perigoso porque traz chuvas torrenciais que vão, seguramente, provocar cheias e deslizamentos de terras.

Os peritos lembram que a chuva é mais mortifera do que o vento.

  • Primeiros efeitos do furacão Florence nos EUA
    0:59

    Mundo

    O furacão Florence está a menos de 50 quilómetros da costa dos Estados Unidos e já começam a sentir-se alguns efeitos. Há registo de várias zonas inundadas, sobretudo na Carolina do Norte. Por causa das chuvas fortes, vários rios transbordaram e há quase 190 mil casas sem eletricidade. 

  • O furacão Florence visto do espaço
    0:57

    Mundo

    Está a caminho da costa leste dos EUA o Florence, um furacão com cerca de 650 quilómetros de diâmetro. As imagens captadas a partir do espaço permitem perceber as dimensões daquela que se espera seja a pior tempestade dos últimos 25 anos.

  • Portuguesa revela conselhos das autoridades com aproximação do furacão Florence
    4:34

    New Articles

    Teresa Franco Dias, uma estudante portuguesa na Carolina do Sul, esteve em direto esta sexta-feira na SIC Notícias para falar sobre a aproximação do furacão Florence daquele estado norte-americano. A portuguesa explica que as autoridades têm dado indicações para que se compre água e comidas que não seja preciso cozinhar, razão pela qual explica que as prateleiras dos supermercados se encontram vazias. Apesar do dia de sol e calor nesta quinta-feira, como relata, os residentes são aconselhados a ficar em casa esta sexta-feira devido aos ventos fortes e chuva intensa que se fazem prever.