Mundo

Televisão estatal saudita admite que Jamal Khashoggi morreu após luta

Lefteris Pitarakis

A televisão estatal da Arábia Saudita admite que o jornalista Jamal Khashoggi morreu após uma luta. A estação cita documentos da investigação preliminar ao desaparecimento do jornalista no início do mês.

Os dados apontam para que Khashoggi, crítico do Governo, tenha sido assassinado depois de um violento desentendimento com as pessoas que encontrou no consulado saudita em Istambul, na Turquia, onde tinha ido buscar um documento necessário para se casar.

As autoridades detiveram entretanto 18 pessoas, todas sauditas, no âmbito do inquérito judicial e o rei Salman ordenou uma restruturação nos Serviços Secretos.