Mundo

Milhares de pessoas forçadas a fugir das chamas na Califórnia

Milhares de pessoas forçadas a fugir das chamas na Califórnia

Patrícia Almeida

Patrícia Almeida

Texto e edição

Jornalista

Cerca de 30 mil pessoas foram retiradas na quinta-feira no norte da Califórnia, nos Estados Unidos, devido a um incêndio que devastou a cidade de Paradise, onde casas, edifícios públicos como igrejas e escolas foram completamente engolidos pelas chamas.

Foram ainda evacuadas as pequenas cidades de Pulga, Magalia e Concow, no condado de Butte.
As autoridades locais emitiram ordens de retirada para partes da cidade de Chico, de 90.000 habitantes, para onde as chamas estão a avançar. A área afetada fica a 140 quilómetros da capital do estado da Califórnia, Sacramento, e a cerca de 280 quilómetros da área da baía de São Francisco.

O autarca da cidade de Paradise, Scott Lotter, que saiu da cidade com sua família, disse ao jornal The Sacramento Bee que "toda a cidade está em chamas" e descreveu um cenário de "horror e caos".

O governador em exercício da Califórnia, Gavin Newsom, pediu ao Governo Federal uma declaração presidencial de emergência, para libertar recursos físicos e financeiros adicionais para a área afetada.

Com Lusa

  • Rui Rio reúne vice-presidentes do PSD em dois jantares em Aveiro
    1:08