Mundo

Tribunal deixa que o chimpanzé Robby continue no circo

O futuro de Robby, um chimpanzé com pouco mais de 40 anos, esteve, nos últimos tempos, nas mãos de um tribunal alemão. Robby é um animal do Circus Belly e, por várias vezes, grupos de defesa dos animais pediram que o chimpanzé fosse retirado do circo para que pudesse passar o resto da vida junto de outros animais da mesma espécie. No entanto, o tribunal decidiu que Robby ia continuar no circo.

Klaus Köhler, diretor do Circus Belly, apelou a um tribunal superior do estado alemão da Baixa Saxónia, dizendo que qualquer transferência seria uma sentença de morte para Robby.

Segundo a BBC, o tribunal de Lüneburg concluiu que levar o chimpanzé para um santuário e retirá-lo do circo seria irracional, dado o seu estado de vida tão avançado. Por norma, os chimpanzés vivem até aos 40 anos na natureza e até aos 50 em cativeiro.

"Estou feliz. Robby é o meu sétimo filho e pertence à família", disse Köhler.

Facebook Circus Belly