Mundo

Caso Huawei: China ameaça Canadá com sérias consequências

Em causa está a libertação da diretora financeira da Huawei, Meng Wanzhou.

A china ameaça o Canadá com sérias consequências caso não liberte de imediato a diretora financeira da Huawei, Meng Wanzhou.

Numa curta declaração, o ministro dos Negócios Estrangeiros chinês descreve o episódio como extremamente desagradável.

A diretora financeira e filha do fundador da Huawei foi ouvida na sexta-feira por um juiz de Vancouver. É acusada de fraude pela justiça norte-americana por alegadamente ter mentido sobre uma filial da empresa, para poder aceder ao mercado iraniano, e assim violar as sanções aplicadas ao país pelos Estados Unidos.

Meng Wanzhou acabou por sair em liberdade condicional mas corre o risco de ser extraditada e enfrentar uma pena de prisão de 30 anos.

  • O sonho americano
    12:13
  • Mantém-se impasse no Brexit
    2:14