Mundo

República Democrática do Congo expulsa embaixador da União Europeia

Bart Ouvry, embaixador da União Europeia na RD Congo, ao meio

Arquivo

A decisão surge na sequência das sanções impostas pelo Conselho Europeu a elementos do Governo.

O Governo da República Democrática do Congo decidiu expulsar o embaixador da União Europeia destacado no país, a três dias das eleições presidenciais.

A medida foi tomada pelo ministro dos Negócios Estrangeiros do país e surge na sequência das sanções impostas pelo Conselho Europeu a elementos do Governo, incluindo o candidato da coligação no poder às eleições presidenciais.

Em causa, estão os crimes como violação dos direitos humanos e obstrução do processo eleitoral.

Numa reunião com diplomatas, o ministro garantiu que, em breve, serão anunciadas outras medidas contra a União Europeia.

  • "EUA continuam a andar para trás em direitos humanos"
    2:02
  • Uma visita personalizada ao museu da BMW
    4:17