Mundo

Republicanos e democratas falham acordo para terminar 'shutdown' nos EUA

Jonathan Ernst

Negociações continuam na próxima semana.

As negociações entre democratas e republicanos para acabar com a paralisação parcial ('shutdown') do governo federal dos Estados Unidos fracassaram hoje, continuando na próxima semana.

Depois de apenas alguns minutos num hemiciclo quase vazio, o Senado decidiu por unanimidade adiar a reunião até segunda-feira e retomar a análise da lei orçamental em 2 de janeiro.

O Presidente norte-americano, Donald Trump, recusa aprovar um projeto de orçamento preparado pelo Congresso se não integrar o financiamento de um muro na fronteira com o México, no valor de cinco mil milhões de dólares.

A oposição democrata, que recusa votar este artigo do projeto, propõe alocar 1,3 mil milhões de dólares para melhorar o sistema de vigilância na fronteira.

Sem orçamento, muitos ministérios e agências governamentais fecharam as portas no sábado de manhã, deixando cerca de 800.000 funcionários em licença sem vencimento ou, em serviços considerados essenciais, forçados a trabalhar sem remuneração em pleno período de festas.

"O Presidente deixou claro que qualquer lei de financiamento do governo deve financiar adequadamente a segurança nas fronteiras para impedir o fluxo de drogas ilegais, criminosos, membros de gangues, traficantes de crianças e seres humanos, protegendo os americanos ", disse Sarah Sanders, porta-voz da Casa Branca, deixando críticas aos democratas.

A oposição acusou Donald Trump de "mergulhar o país no caos".

Lusa

  • Desaparecimento de brasileira assinalado esta segunda-feira no Porto
    2:11