Opinião

"Estamos a falar de uma OPA feita por empresas detidas pelo Estado chinês"

"Estamos a falar de uma OPA feita por empresas detidas pelo Estado chinês"

Os acionistas chineses da EDP estão a preparar uma OPA sobre a EDP. A China Three Gorges e a CNIC já têm quase 30 por cento da elétrica nacional, mas querem passar a ter a maioria do capital da elétrica. José Gomes Ferreira esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para fazer uma análise sobre este negócio.

  • Chineses avançam com oferta para controlar EDP seis anos após privatização

    Economia

    Os chineses da China Three Gorges anunciaram hoje a intenção de avançar com uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) para assumir o controlo da EDP, seis anos depois da entrada no capital da elétrica. A China Three Gorges oferece uma contrapartida de 3,26 euros por cada ação da EDP, o que representa um prémio de 4,82% face ao valor de mercado e avalia a empresa em cerca de 11,9 mil milhões de euros.

  • Chineses terão de pagar 8 mil milhões de euros pela EDP
    2:47

    Economia

    A China Three Gorges e a CNIC oferecem 3,26 euros por cada ação da elétrica e 7,33 euros por cada ação da EDP Renováveis. A Oferta Pública de Aquisição dos acionistas chineses já deu entrada na CMVM. O Expresso adianta que o regulador do mercado vai pedir informações adicionais.

  • Investidores chineses oferecem 3,26 euros por cada ação da EDP

    Economia

    A China Three Gorges lançou uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) voluntária sobre o capital da EDP, oferecendo uma contrapartida de 3,26 euros por cada ação, o que representa um prémio de 4,82% face ao valor de mercado. Os chineses também avançam com uma oferta sobre a EDP Renováveis, propondo-se a pagar 7,33 euros por ação.

  • Governo favorável à aquisição da EDP por parte de investidores chineses
    0:47

    Economia

    Os acionistas chineses da EDP estão a preparar uma OPA sobre a empresa portuguesa, da qual já têm 30%. As duas empresas chinesas pertencem ao Estado, o que significa que se o negócio avançar, a EDP passa a pertencer a Pequim. O primeiro-ministro, António Costa, confirmou esta sexta-feira que o Governo é favorável à aquisição da EDP por parte dos investidores chineses.

  • A "pena maior" de Constantino Oliveira
    26:03
  • CNN vs. Donald Trump
    1:50