País

Turismo de Lisboa fez jantar no Panteão quando Costa era presidente da Câmara

Alegna13

O Panteão Nacional foi palco de jantar organizado pela Associação de Turismo de Lisboa em 2013, quando António Costa era autarca da cidade e, por inerência, presidente daquele organismo. A Câmara de Lisboa já desmentiu o envolvimento do atual primeiro-ministro, uma das vozes críticas do recente jantar da Web Summit.

Última atualização às 9:55

O evento em causa, segundo a CMTV e o jornal i, tratou-se de um jantar da Associação de Turismo de Lisboa para promover o fado, em 2013, antes do despacho que passou a regular o aluguer de monumentos nacionais e que António Costa criticou.

O diretor da Associação do Turismo de Lisboa, Vítor Costa, garantiu já que o então presidente da Câmara "não foi consultado e não teve conhecimento, nem tinha que ter, de um jantar organizado pela ATL em 2013 no Panteão no âmbito de uma ação promocional de rotina".

Já o jornal Público avança que o jantar da Web Summit foi o décimo a realizar-se no corpo central do Panteão e o terceiro deste ano.

A diretora do monumento recusa demitir-se, garante que as regras foram cumpridas e que a sala onde decorreu o jantar não tem restos mortais. Isabel Melo revela que já recusou um pedido para a realização de uma festa de fim de ano, no local.

Nota: um anterior título desta notícia dava a entender que António Costa tinha participado no jantar, informação que estava errada e foi entretanto desmentida. Pedimos desculpa pelo erro.

  • "A Diretora-geral do Património devia demitir-se ou ter posto o lugar à disposição"
    25:14

    Opinião

    Luís Marques Mendes analisou, no habitual espaço de comentário no Jornal da Noite de domingo, o jantar polémico organizado pela Web Summit no Panteão Nacional, o surto de legionella, os dois anos do Governo de António Costa, a primeira sondagem realizada depois dos incêndios que devastaram o país, o estado da economia e ainda os jogos de futebol solidários da seleção nacional.

  • Diretora do Panteão Nacional não se demite 
    4:19

    País

    Sucedem-se as reações ao jantar dos fundadores da Web Summit no Panteão Nacional. O ex-Secretário de Estado da Cultura que regulou o aluguer dos monumentos, acusa o Governo de fugir às responsabilidades. António Costa considerou indigna a utilização do espaço e o PSD e CDS acusam o primeiro-ministro de sacudir a água do capote. A diretora do Panteão já disse que não se demite e o único a pedir desculpas foi o organizador da cimeira, Paddy Cosgrave. 

  • Acabaram-se os jantares no Panteão Nacional
    3:35

    País

    Não param as reações políticas ao polémico jantar no Panteão Nacional, organizado pela Web Summit. PSD e CDS-PP acusam o primeiro-ministro de estar a sacudir responsabilidades, depois de António Costa ter dito que a culpa do evento era de um despacho do anterior Governo. Por agora, apenas o líder da Web Summit veio pedir desculpa. Certo é que, daqui para a frente, os jantares deixam de ser possíveis no Panteão.

  • Jantar da Web Summit no Panteão Nacional alvo de críticas
    2:13

    País

    A Web Summit terminou há dois dias e ontem realizou-se o Founders Summit, um jantar paralelo ao evento principal, que reuniu figuras de topo e grandes empresários. Este ano, para surpresa de muitos, os convidados jantaram em pleno átrio do Panteão Nacional. António Costa diz que a utilização do monumento é "ofensiva" e "indigna" e que vai passar a ser proibida. O Presidente da República aplaude a decisão do Governo.

  • Francisco Ramos é um dos novos secretários de Estado do Ministério da Saúde

    País

    Francisco Ramos é um dos novos secretários de Estado do Ministério da Saúde. Era até agora presidente do IPO de Lisboa. A pasta de secretário de Estado não lhe é, de todo, desconhecida. Francisco Ramos ocupou as mesmas funções com Maria de Belém, Correia de Campos e Ana Jorge. Antes do IPO, foi presidente do Instituto Nacional de Administração (INA).

  • O relato do acidente na 2ª circular: camião entrou em contramão, 3 feridos, um grave
    2:09

    País

    Um acidente aconteceu esta manhã na 2ª Circular, em Lisboa, quando um camião de mercadorias entrou em contramão. No total, nove viaturas estiveram envolvidas no acidente e três pessoas ficaram feridas, uma em estado grave. A jornalista Mónica Martins faz o ponto de situação quando passava pouco das 9h00. O trânsito esteve cortado até ao final da manhã.

  • Incendiários - Investigação
    0:34
  • Primeiro filho de Harry e Meghan chega na primavera
    1:18
  • De quem era "a mão por detrás do arbusto"? Cavaco Silva ou José Sócrates?
    1:27
  • Chegou a Portugal a primeira sala onde é possível destruir tudo
    1:51
  • Continuam as manifestações pró e contra Bolsonaro
    1:39