País

As dúvidas do ex-tesoureiro da Raríssimas que denunciou o caso

As dúvidas do ex-tesoureiro da Raríssimas que denunciou o caso

Uma das pessoas que denunciou a polémica com a Raríssimas - o antigo tesoureiro - estranha que a ex-presidente da associação tenha em seu poder documentos confidenciais da instituição. Em Entrevista à SIC Notícias, esta quarta-feira, Ricardo Chaves questionou o novo nome alegadamente escolhido para liderar a Raríssimas e garantiu mesmo que, oficialmente, ainda ninguém recebeu o pedido de demissão de Paula Brito e Costa.

  • Direção da Raríssimas nunca questionou ilegalidade das contas
    1:05

    País

    A direção da Raríssimas nunca questionou a legalidade das contas e despesas apresentadas e justificadas. Segundo um vogal da associação, os valores eram fiscalizados regularmente. As declarações de Nuno Branco foram feitas esta quarta-feira, na Casa dos Marcos, na Moita, a obra mais visível da Associação Raríssimas.

  • As explicações e contradições do ex-secretário de Estado da Saúde sobre a Raríssimas
    2:50

    País

    Na origem da demissão de Manuel Delgado, estarão as contradições do agora ex-secretário de Estado sobre a relação que manteve com a Raríssimas e a presidente da associação. Em entrevista à TVI, foi confrontado com perguntas acerca de viagens que terá feito com Paula Brito e Costa e sobre a sua participação no financiamento da associação durante o tempo em que foi consultor.

  • Raríssimas terá usado nomes de personalidades sem autorização
    1:52

    País

    A Presidente da Raríssimas terá usado o nome de várias personalidades para promover a instituição, sem o conhecimentos dos visados. Será o caso, por exemplo, do ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, e da ex-ministra Maria de Belém. Ambos eram referidos como conselheiros da Raríssimas e garantem que nunca desempenharam qualquer função.

  • "O ministro está na frigideira"
    5:33

    Opinião

    O ministro da Segurança Social, Vieira da Silva, "está cada vez mais numa posição fragilizada" devido às suspeitas de irregularidades na associação Raríssimas, diz o subdiretor de Informação da SIC, Bernardo Ferrão. Vieira da Silva já falou sobre o caso duas vezes, mas "sempre de forma algo atralhada" e "ainda não matou todas as dúvidas".

  • "Se me pergunta se estou de consciência tranquila, estou"
    2:13

    País

    O ministro Vieira da Silva assegura que aguarda com tranquilidade que a investigação em curso esclareça as alegadas irregularidades na associação Raríssimas. Alguns mecenas estão já a suspender o apoio, na sequência do escândalo que já levou a duas demissões. 

  • Vacina da gripe disponível a partir de hoje

    País

    A vacina da gripe começa hoje a estar disponível, sendo gratuita e sem necessidade de receita médica no Serviço Nacional de Saúde para pessoas a partir dos 65 anos, residente em lares e para alguns doentes crónicos.

  • Chegou a Portugal a primeira sala onde é possível destruir tudo
    1:51
  • Bolsonaro continua à frente nas sondagens
    1:49

    Mundo

    O candidato à presidência do Brasil Jair Bolsonaro continuar a ganhar terreno, a duas semanas da segunda volta das eleições. A campanha eleitoral brasileira está a ser marcada por violência. Cerca de 60 jornalistas foram agredidos enquanto faziam cobertura da campanha.